Página Inicial > Energia > Brasil investiu US$ 8 bilhões em energia limpa, em 2011

Brasil investiu US$ 8 bilhões em energia limpa, em 2011

22, abril, 2012

O Brasil é líder mundial em capacidade instalada para a geração de energia por biomassa, totalizando 8.7 GW. O País também lidera o ranking mundial de produção de biodiesel. Considerando os últimos cinco anos, registramos a terceira maior taxa de crescimento no setor de energia renovável – aumento de 49%. E, em 2011, os US$ 8 bilhões – um aumento de 15% em relação a 2010 – investidos em energia limpa posicionaram o Brasil como o décimo maior investidor no mundo. As afirmações constam no documento “Who is Winning the Clean Energy Race”, elaborado pelo instituto americano PEW Environment Group.

Apesar de ter investido mais, o Brasil caiu quatro posições em relação a 2010, passando da sexta para a décima colocação. Os Estados Unidos voltaram ao primeiro lugar, posição ocupada pela China nos últimos três anos. Em 2011, os Estados Unidos investiram US$ 48 bilhões em energia limpa, enquanto a China desembolsou US$ 45,5 bilhões.

Mercado Global. No último ano, o investimento de US$ 263 bilhões em tecnologias para a geração de energia limpa foi recorde, representando um aumento de 6,5% frente a 2010. O setor de energia solar obteve o maior crescimento, com 44%, absorvendo US$ 128 bilhões em investimentos e respondendo por mais da metade da energia limpa produzida pelos países do G20, que, segundo o relatório, respondem por 95% dos investimentos no setor.

“O investimento em energias limpas, sem contar pesquisa e desenvolvimento, cresceu 600% desde 2004, com base nas políticas nacionais que criaram estabilidade no mercado”, disse a BBC Phyllis Cuttino, diretora do programa de energia limpa do PEW. “Portanto, esses fatos evidenciam o erro daqueles que categorizam o setor como uma indústria de nicho. Trata-se de um segmento que está crescendo e amadurecendo”, finaliza.

Para acessar o relatório completo, clique aqui.

Fonte: com informações de “O Estadão”.

Top 10 – investimentos em energia limpa, 2011 (em US$)


  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.