Página Inicial > Tecnologia da Informação > 45% das PMEs preveem adquirir computação em nuvem nos próximos anos

45% das PMEs preveem adquirir computação em nuvem nos próximos anos

5, agosto, 2012

Nos próximos dois ou três anos, 45% das pequenas e médias empresas – PMEs nacionais devem adquirir a tecnologia em nuvem, segundo a pesquisa “Microsoft SMB Business in the Cloud 2012” (Microsoft Pequenas e Médias Empresas na Nuvem), elaborada pela Edge Strategies e a Microsoft. De acordo com o estudo, das 250 empresas nacionais entrevistadas, 33% já utilizavam a computação em nuvem.

Antes exclusiva das grandes empresas, hoje a tecnologia em nuvem é realidade nas pequenas e médias corporações. Com a rápida ascensão do mercado digital, surgiram diversos fornecedores da nova tecnologia, forçando a queda dos custos. “A computação em nuvem coloca essas empresas em igualdade de condições de estrutura tecnológica. O investimento em TI e o tempo para operacionalizar são reduzidos, focando as PMEs no que é a sua prioridade: “crescer”, analisa Victor Baez, gerente de pequenas e médias empresas e canais da Microsoft Brasil.

Fatos e tendências
As empresas esperam utilizar a computação em nuvem não somente para o uso de serviços como e-mail, mas também para acessar aplicativos e sistemas mais complexos para melhorar a produtividade dos negócios.

A segurança em tecnologia da informação ainda está na lista de prioridades das pequenas e médias empresas, mas não é a principal preocupação. Apenas 23% das empresas brasileiras e 20% da média global acreditam que os seus dados estão menos seguros na nuvem do que se estivessem em seus computadores. Além disso, 37% das PMEs consideram a tecnologia em nuvem tão segura quanto os  sistemas físicos.

A crise econômica aparece como uma das principais preocupações do empresariado. Segundo a pesquisa, 30% das empresas brasileiras consideram a instabilidade econômica como um obstáculo para seu crescimento. O resultado é alto, mas mostra o Brasil 18% mais otimista em comparação aos 13 países participantes da pesquisa, já que a média global apontou 48%.

Apesar das turbulências econômicas, 68% das pequenas e médias empresas nacionais e 53% das PMEs do mundo que utilizam computação em nuvem preveem aumentar suas vendas nos próximos 12 a 18 meses.

A pesquisa “Microsoft SMB Business in the Cloud 2012” foi elaborada em dezembro de 2011. Foram entrevistados decisores e influenciadores de Tecnologia da Informação – TI de 3 mil pequenas e médias empresas que possuem de 2 a 250 funcionários em 13 países: Alemanha, Austrália, Brasil, China, Coreia do Sul, Dinamarca, Estados Unidos, Espanha, França, Japão, Reino Unido, Rússia e Turquia. Acesse aqui a íntegra do estudo.


  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.