Página Inicial > Oportunidades > Investimentos de R$ 56 bi para a mineração na Amazônia

Investimentos de R$ 56 bi para a mineração na Amazônia

9, dezembro, 2012

A mineração na Amazônia recebe R$ 56 bilhões até 2016 para implantação e expansão de projetos, incluindo extração e transformação, segundo informou o Instituto Brasileiro de Mineração – Ibram. Com isso, essa indústria abre na região Norte grandes oportunidades para a contratação e a formação de mão de obra local, bem como de rede de fornecedores.

O principal entrave à expansão da mineração sustentável na Amazônia, segundo o Ibram, é a carência de infraestrutura. Há projetos que exigem das mineradoras investimentos próprios em malhas ferroviárias, portos e rodovias, o que encarece o custo dos projetos e o preço de venda dos minérios. A estas dificuldades é preciso acrescentar a falta de mão-de-obra qualificada.

“O Programa de Aceleração do Crescimento prevê a implantação de infraestrutura de transporte na Amazônia, inclusive hidroviária, porém há projetos que demandam ações mais urgentes. Além do governo federal, os governos estaduais e municipais são importantes parceiros para que a mineração possa expandir sua ação e contribuir para o desenvolvimento local e regional”, disse José Fernando Coura, diretor-presidente do Ibram.


  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.