Página Inicial > Economia, Petróleo & Pré-sal, Produtos & Serviços > “A indústria pode ser maior e melhor”

“A indústria pode ser maior e melhor”

Vamos avistar o ano de 2022. De toda a produção mundial de industrializados, 2,2% sairão do Brasil. Hoje, nossa participação é de 1,7%. A produtividade média da indústria brasileira crescerá 4,5% ao ano, saindo dos atuais 2,3% registrados nos últimos 20 anos.  A taxa de investimento (formação bruta de capital fixo sobre o PIB), atualmente de 18,1%, saltará para 24%. Consequentemente, as melhores relações entre empregado e empregador do Fórum Econômico Mundial levarão o Brasil a ocupar a 40ª posição no ranking mundial, saindo do 72º lugar.

Estas são algumas das metas que compõem o Mapa Estratégico da Indústria 2013-2022, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria – CNI em parceria com mais de 500 representantes empresariais. O cenário, otimista e audacioso, depende, é claro, da construção de um ambiente propício ao desenvolvimento. Alguns fatores-chave serão responsáveis por estimular a competitividade da indústria. Entre eles, a formação profissional qualificada, a solidez do ambiente macroeconômico, os estímulos para aumentar a participação internacional das empresas brasileiras e, é claro, o incremento aos investimentos em inovação, entre outros não menos importantes. “A indústria pode ser maior e melhor”, estimou o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, no lançamento do documento.

Os avanços da biotecnologia, nanotecnologia, automação e robótica e tecnologia da informação estão transformando os modelos de produção atuais, assim como a economia sustentável e de baixo carbono. A inovação é um requisito ímpar para que a indústria torne-se mais competitiva, principalmente no mercado global.

Os investimentos estimados em torno do pré-sal, por exemplo, preveem uma grande demanda por equipamentos, sistemas e produtos tecnologicamente avançados. Para que você conheça alguns dos recentes desenvolvimentos nacionais e internacionais que giram em torno do pré-sal, NEI Soluções consultou empresas do mercado mundial e universidades. As novidades estão reunidas numa seção inédita, que você pode conferir em NEI.com.br/produtos. Nela, você conhecerá produtos inovadores para a indústria do petróleo, como os ROVs, uma das tecnologias de ponta do setor.

Em NEI.com.br, você ainda poderá conhecer os fundamentos da manutenção de classe mundial, centrada na cultura de “zero perda”. O artigo revela as diretrizes para se desenvolver competências e reestruturar os processos, melhorando os índices de produtividade, disponibilidade e confiabilidade dos equipamentos e das máquinas. Novas tecnologias e métodos que ajudarão a indústria a trilhar seu rumo para 2022.


  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.