Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Feimafe 2013’

White Martins apresenta a Autocut 3000 HS, sua máquina de corte CNC

21, junho, 2013 2 comentários

O lançamento da White Martins na Feimafe 2013, que aconteceu de 3 a 8 de junho no Anhembi (SP), é a máquina de corte, a Autocut 3000 HS, que utiliza CNC com capacidade de controle de até 6 eixos.

Indicada para diversos segmentos industriais, como caldeiraria e estaleiros, a máquina trabalha com plasma de até 400 amperes ou oxicombustível para cortar chapas metálicas de até 3 m de largura, com espessura máxima de 50 mm com plasma e 100 mm com oxicombustível. Atinge velocidade de 20 m/min e precisão de posicionamento de aproximadamente 0,2 mm.

Utiliza caixas de redução planetária com folga máxima de 6 arco minuto e porta USB rede computacional. O deslocamento transversal é feito por guias lineares. Assista ao vídeo.

Desenvolvido e fabricado no Brasil, o equipamento tem garantia de 12 meses. Está habilitado para aquisição por meio do Finame ou Cartão BNDES.


Vonder apresenta sua primeira propulsora pneumática com reservatório

19, junho, 2013 Deixar um comentário

Durante a Feimafe 2013, que aconteceu de 3 a 8 de junho de 2013 no Anhembi (SP), a Vonder apresentou sua primeira propulsora automática com reservatório, a PPV0030. Dentre suas principais características, estão:

  • Capacidade de 30 kg;
  • Relação de transmissão 50:1;
  • Pressão mínima de entrada de ar: 150 lb/pol²;
  • Pressão máxima de saída de ar: 7.500 lb/pol²;
  • Rodas para facilitar o deslocamento;
  • Conexão articulada tipo “Z”;
  • Mangueira de borracha de alta pressão, com 2 metros de comprimento.

Projetada no Brasil, a PPV 0030 possui garantia e assistência técnica. Atende a indústria em geral, como os setores agrícola e mecânica. Assista ao vídeo.


Destaque para máquinas e equipamentos no resultado quadrimestral do BNDES

De 3 a 8 de junho, 68.170 pessoas percorreram os 85 mil m² do Anhembi, em São Paulo, para conhecer os lançamentos de 1.466 marcas expositoras da 14ª Feimafe, sendo 776 nacionais e 690 internacionais, de 37 países. Além das inovações tecnológicas apresentadas, outra boa notícia para o setor foi anunciada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES na mesma semana do evento: desembolso de R$ 54,4 bilhões entre janeiro e abril deste ano, incremento de 59% na comparação com o mesmo período do ano passado. O destaque foi para a indústria, que respondeu por 37% dos desembolsos totais no período (R$ 20,2 bilhões e expansão de 113% em relação ao mesmo período anterior).

Os resultados do BNDES nos primeiros quatro meses do ano reforçam a tendência de elevação da taxa de investimento e de crescimento na formação bruta de capital fixo – FBCF, puxado por expansão dos financiamentos a máquinas e equipamentos.

As operações da linha BNDES Finame, voltadas à aquisição de bens de capital, somaram R$ 23 bilhões nesse período, alta de 77,5% na comparação com os mesmos meses de 2012. Máquinas-ferramenta e caldeiraria tiveram incrementos nas liberações, de 122% e 430%, respectivamente. Os desembolsos do BNDES de Sustentação do Investimento – PSI atingiram R$ 28,5 bilhões de janeiro a abril deste ano, com quase 90 mil operações efetuadas. Nos últimos 12 meses, até abril, as liberações do PSI acumularam R$ 65,1 bilhões, alta de 94% na comparação com os 12 meses anteriores.

A equipe de NEI Soluções, que também contou com um estande na Feimafe 2013, adiantou em maio e junho notícias e vídeos de alguns lançamentos da feira, publicados na revista impressa, no NEI.com.br e na versão tablet da revista. Além disso, dias antes de começar o evento até o seu término, a equipe divulgou diariamente notícias e vídeos aqui, no Blog NEI.


Feimafe 2013: Mausa expõe sua mandrilhadora fresadora CNC Floor Type pela primeira vez

10, junho, 2013 Deixar um comentário

Entre os diferenciais da máquina, destacam-se:

  • Cursos máximos de 30.000 mm (X), 5.000 mm (Y), 1.500 mm (Z), 900 mm (W) e 2.500 (V);
  • Possibilidade para trabalhar com até cinco eixos simultâneos;
  • Velocidade de descolocamento de 25 m por minuto;
  • Capacidade de carga de até 120.000 kg;
  • Cabeçotes automáticos, inclusive com dois eixos contínuos;
  • RAM/Spindle central.

Veja mais detalhes na reportagem abaixo:

A máquina foi apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que aconteceu de 3 a 8 de junho no Anhembi em São Paulo.


Feimafe 2013: braço bi-articulado ARM 1000 é a novidade da Atlas Copco

9, junho, 2013 Deixar um comentário

A novidade possui sistema de freio que permite travar o braço na posição de aperto, proporcionando, além da qualidade do aperto, segurança ao operador. Apresenta sistema de gravidade zero, que elimina o peso da ferramenta, reduzindo também o esforço do operador.

Como opcional, pode acoplar sensores que identificam o posicionamento correto da ferramenta em processos de erro zero – também conhecidos como Poka Yoke.

De condições modular e ergonômica, faz parte da linha de modelos com torques variáveis de 250 a 6.000 newtons metros. Assista ao vídeo.

A ARM 1000 foi apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que aconteceu de 3 a 8 de junho no Anhembi em São Paulo.


Feimafe 2013: Hypertherm lança mundialmente sistema de corte e goivagem a plasma

8, junho, 2013 Deixar um comentário

Fabricada e montada nos Estados Unidos, a Max Pro 200 é um sistema de corte e goivagem a plasma que utiliza ar comprimido e, opcionalmente, oxigênio ou nitrogênio. Caracteriza-se pela robustez, podendo trabalhar por até três turnos ininterruptamente.

Capaz de cortar qualquer tipo de metal, com espessura máxima de 32 mm de perfuração e 75 mm de separação, o sistema atinge velocidade de 2.794 mm por minuto para cortes de chapas com espessura de 12 mm.

Segundo o fabricante, a máquina tem 60% menos peças que a versão anterior, facilitando a manutenção. Assista ao vídeo.

A Max Pro 200 está sendo apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que acontece no Anhembi (SP) e hoje, dia 8 de junho.


Feimafe 2013: AMT inaugura escritório no Brasil

A The Association For Manufacturing Technology – AMT (Associação Norte-Americana de Tecnologia de Manufatura) conta com escritório no Brasil, localizado em Sorocaba-SP. Inaugurado em maio, o local oferece assistência técnica de máquinas importadas dos Estados Unidos e espaço para representantes de empresas norte-americanas se instalarem no Brasil. A entidade aproveita a 14ª Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura para divulgar a inauguração. O evento é realizado até hoje, no Anhembi, em São Paulo – SP.

O objetivo era instalar no Brasil um centro de tecnologia, como tem em outros países, mas, devido às restrições que a legislação brasileira impõe aos equipamentos importados por tempo determinado, a AMT teve de desistir da ideia. Alguns dos setores envolvidos são automobilístico, eletrodoméstico, aeroespacial, óleo e gás, médico, elétrico, eletrônico e de energia alternativa.

O engenheiro Achilles Arbex foi nomeado gerente geral do centro. Arbex trabalhou para a ZF Transmissões e a Dana Industries. Segundo ele, entre os motivos que incentivaram a AMT a se instalar no Brasil estão pré-sal, cadeia da indústria automotiva e eventos esportivos.

“Os fabricantes norte-americanos procuram constantemente expandir seus relacionamentos globais, sendo o Brasil um mercado de grande importância para os associados”, disse Douglas K. Woods, presidente da AMT, que disse ter certeza das múltiplas possibilidades que se desenvolverão.

“Projetamos um futuro brilhante para o Brasil e estamos contentes por fazer parte desse crescimento”, declarou Mario Winterstein, diretor de desenvolvimento de negócios da AMT.


Feimafe 2013: Trumpf lança máquina da corte a Laser guiado por fibra

7, junho, 2013 2 comentários

Fabricada na Suíça, a máquina possui Laser guiado por fibra, o Trudisk, desenvolvido pela própria Trumpf. Segundo o fabricante, essa tecnologia permite a máquina consumir três vezes menos energia elétrica em comparação com as máquinas com tecnologia de Laser de CO2.

A máquina trabalha com chapas de diversos materiais, ferrosos e não-ferrosos, como cobre e latão, de 1 a 20 mm de espessura, sendo até 10 mm a espessura de produção ideal. A repetitividade é de 0,03 mm e o deslocamento máximo é de 140 m por minuto.

É indicada, principalmente, para os setores agrícola, eletrônico e de alimentos.

Para ver mais detalhes, assista ao vídeo abaixo:

A máquina está sendo apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que acontece no Anhembi (SP) e termina sábado, 8 de junho.


Feimafe 2013: nova garra paralela é o destaque da Festo

6, junho, 2013 Deixar um comentário

Segundo a Festo, o principal diferencial da garra paralela DHPS é sua guia em formato de T, que aumenta a resistência de suas castanhas. Disponível em seis tamanhos, possui precisão de 0,02 mm, tamanho da garra de 6 mm até 35 mm, abertura por castanha de 2 m até 12,5 m e força de fixação de 25 até 910 newtons.

A DHPS permite trabalhar com até 4 hertz, podendo ainda ser instalada tanto pela lateral quanto pela base. Fabricada na Alemanha, a garra é indicada para a indústria em geral.

Veja mais detalhes, assistindo ao vídeo abaixo.

A garra está sendo apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que acontece no Anhembi (SP) e termina sábado, 8 de junho.


Feimafe 2013: Setor de máquinas é prioridade para o BNDES neste ano

De acordo com Luciano Coutinho, presidente do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, neste ano a instituição priorizará os desembolsos para o setor de máquinas e equipamentos. A declaração foi feita durante a solenidade de abertura da 14ª Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, realizada em 3 de junho, no Hotel Holiday Inn, ao lado do Anhembi, em São Paulo – SP. A feira ocorre até 8 de junho, no Anhembi.

Também no evento, Maurício Borges Lemos, diretor do BNDES, disse que até maio os financiamentos da linha Finame de bens de capital tiveram aumento de 50% puxados por caminhões e máquinas agrícolas. Para máquinas e equipamentos, o crédito teve crescimento de 30% no período. O objetivo de 2013 é alcançar desembolsos de R$ 35 bilhões. O Finame total deve crescer 30% neste ano, totalizando R$ 100 bilhões.

Na ocasião, Luiz Aubert Neto, presidente da Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, afirmou que o início da retomada de crescimento do setor pode ser observado pelo aumento de 4,6% do faturamento bruto de abril em relação ao mesmo mês do ano passado. Segundo ele, o fato é relevante, pois frequentemente esse é um período de queda da receita do setor.

Liliane Bortoluci, diretora da Feimafe, comprovou o cenário otimista com números da feira. “Esta edição tem a participação de 37 novas empresas. Ao todo são 1.446 marcas expositoras, sendo 776 nacionais e 690 internacionais, de países como Alemanha, Estados Unidos, Inglaterra e Itália.”

Fonte: com informações do Valor Econômico.