Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Feiras & Eventos’

Feiplastic 2017: cadeia do plástico se reúne em abril, no Expo Center Norte/SP

Uma das principais feiras do setor de plástico, a Feiplastic 2017 – Feira Internacional do Plástico acontece de 4 a 7 de abril de 2017, no Expo Center Norte, em São Paulo, SP.  O evento tem como propósito apresentar as mais recentes tecnologias da cadeia do plástico e as tendências do setor, contribuindo para o networking e a geração de negócios.

Uma das empresas expositoras do evento é a Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros. Assista ao depoimento de Luciano Guidolin, vice-presidente de Poliolefinas, Comperj e Renováveis da Braskem:

A Feiplastic 2017 estima receber 70 mil visitantes e reunir 1.400 marcas nacionais e internacionais numa área de 85 mil m². O evento vai contar com um espaço dedicado à troca de experiência e atualização profissional, a Ilha do Conhecimento, onde os expositores farão apresentações, expondo novas tecnologias. Entre os setores presentes estão: Produtos Básicos e Matérias-Primas; Máquinas, Equipamentos e Acessórios; Moldes e Ferramentas; Transformadores de Plástico; Resinas Sintéticas; Instrumentação, Controle e Automação; Serviços e Projetos Técnicos; e Reciclagem.

Assista ao vídeo de apresentação da Feiplastic:

Para se credenciar, acesse aqui.

Para acompanhar as notícias sobre a Feiplastic 2017, acesse aqui.

 


Feimafe 2017 acontece em junho, no Expo Center Norte, em SP

Organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a 16ª Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura acontece em nova data e local: de 20 a 24 de junho de 2017, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP.

Assista ao vídeo de apresentação da Feimafe.

 

O evento terá espaços dedicados à apresentação de novas tecnologias, como a Área de Inovação, reunindo o que há de mais recente mundialmente em máquinas e equipamentos, e também a Ilha do Conhecimento, onde acontecerão debates técnicos e apresentações de expositores e parceiros. Além disso, uma extensa grade de seminários e palestras está prevista para o evento, ajudando a promover a atualização profissional dos participantes.

A feira deve reunir cerca de 1.400 marcas nacionais e internacionais e receber 70 mil visitantes/compradores qualificados. Entre os setores do evento estão: Acessórios – Dispositivos e Componentes; Automação; Controle de Qualidade – Integrado à Fabricação; Controle de Qualidade e Medição; Equipamentos Hidráulicos e Pneumáticos, Válvulas, Bombas e Compressores; Equipamentos para Movimentação e Armazenagem; Ferramentas; Máquinas e Equipamentos Diversos e Acessórios para Metal-Mecânico; Máquinas-Ferramenta; e Soldagem.

Para se credenciar, acesse aqui.

Para acompanhar as notícias sobre a Feimafe 2017, acesse aqui.

 


Máquinas-ferramenta Novas soluções para incrementar a capacidade das linhas produtivas

Determinantes para melhorar a eficiência do parque fabril, as máquinas-ferramenta impactam na produtividade e na qualidade dos processos industriais. Com o avanço das tecnologias na área de manufatura, elas ganham novos recursos e funcionalidades, proporcionando produções mais flexíveis, precisas, seguras e rápidas.

Ao conhecer as novas tecnologias aplicadas às máquinas-ferramenta, você tem a oportunidade de identificar soluções para incrementar suas linhas produtivas, promovendo ganhos de eficiência e até de redução de custos, com processos mais otimizados e controlados. Para ajudá-lo a conhecer algumas das novidades desse setor, a equipe editorial de NEI realizou uma pesquisa nos mercados nacional e internacional para conhecer e selecionar os produtos mais recentes.

Nessa seção, você confere essas novidades, inclusive de expositores da IMTS 2016 – International Manufacturing Technology Show (Feira Internacional de Máquinas-ferramenta), principal evento da indústria de manufatura norte-americana, que acontece este mês, em Chicago. Um dos produtos da capa desta edição, a brunidora Lifehone L630, da Gehring, é um exemplo de máquina-ferramenta que será lançada nessa feira.

Outras novidades em máquinas-ferramenta poderão ser conferidas nas próximas edições. E em 2017, acontecem, em São Paulo, dois importantes eventos focados em máquinas-ferramenta: a Expomafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial, em sua 1ª edição, de 9 a 13 de maio, no São Paulo Expoe, e a Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, em sua 16ª edição, de 20 a 24 de junho, no Expo Center Norte, ambas em São Paulo, SP .  Uma dupla oportunidade para conhecer novas tecnologias aplicadas aos sistemas produtivos.

Na era da Indústria 4.0, o setor de manufatura vai requerer máquinas, equipamentos e sistemas cada vez mais inteligentes, instrumentados e interconectados. Novas tecnologias estão surgindo para tornar os processos produtivos mais flexíveis, ágeis e eficientes. Cedo ou tarde, essa corrida tecnológica vai bater na sua porta. E a indústria precisa se preparar para um novo ciclo de desenvolvimento.


Incrementando o chão de fábrica

Além de apresentar as mais recentes tecnologias aplicadas a máquinas e equipamentos, e fomentar novos negócios, as megafeiras espelham o comportamento da indústria diante das oscilações da economia. É um bom momento para observar como as empresas estão usando as pressões decorrentes da crise para dela emergir em melhores condições e com novas soluções.

Neste mês, a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, em sua 1ª edição, e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA, ambas voltadas ao setor de mecânica, representam uma dupla oportunidade para que você, profissional da indústria, conheça novas tecnologias, visite espaços dedicados a inovações e também assista a palestras e seminários sobre temas que impactam nos negócios, como Indústria 4.0, impressão 3D e eficiência energética, entre outros. Esses megaeventos são, portanto, um reflexo natural da importância que as máquinas e os equipamentos exercem no desempenho da planta e da própria empresa.

Por isso, a edição de NEI de maio/16 divulga mais notícias de produtos que serão apresentados nas duas feiras, reunidos a partir da página 10 (alguns deles estão na capa), permitindo que você conheça e encontre soluções para melhorar seus processos, aumentar sua produtividade e planejar seus investimentos futuros. Essa amostra é ainda complementada por outros produtos industriais pesquisados por NEI Soluções nos mercados nacional e internacional, distribuídos pela edição.

Conhecimento é uma ferramenta importante para a inovação. E a indústria, para se manter competitiva, precisa também acelerar o desenvolvimento de seu pessoal. As tecnologias renovam-se com grande velocidade, portanto, a necessidade de atualização é permanente na indústria e condição essencial para sua modernização.

Por isso, há mais de 42 anos, NEI acompanha a dinâmica do mercado industrial, pesquisando e produzindo conteúdos que possam ajudar os profissionais que atuam nas mais diversas áreas da indústria a encontrar soluções para suas atividades.

 


FEIMEC oferece e-book gratuito sobre Manufatura Avançada

Tudo o que você precisa saber sobre a 4ª Revolução Industrial e os desafios a serem enfrentados para sua implementação no Brasil está no e-book “Manufatura Avançada”, oferecido gratuitamente no site da FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos e que traz depoimentos de vários especialistas no assunto.

Para fazer o download gratuito, acesse o endereço http://feimec.com.br/a-voz-da-industria/e-book—manufatura-avancadaFeimec-ebook-manufatura-miniatura2. Basta inserir seu nome, e-mail, cargo e cidade, e selecionar o segmento da empresa e estado. Tudo de forma rápida e simples.

O e-book traz uma definição sobre o que é manufatura avançada, sua relação com as revoluções industriais e seus benefícios para tornar a indústria mais eficiente, flexível e ágil. Além de tratar a manufatura avançada no mundo e no Brasil, apresentando, inclusive, os desafios que precisamos enfrentar para iniciar sua implantação, o documento discute a relação da manufatura avançada com emprego e ainda traz indícios de que a demanda por máquinas-ferramenta no Brasil será enorme, em vista da necessidade de modernização do parque fabril.

Você também encontra no e-book informações sobre linhas de financiamento de incentivo à Manufatura Avançada, oferecidas pelo BNDES, além de ter a oportunidade de saber mais sobre a Fábrica Inteligente, na FEIMEC – um espaço que vai demonstrar de forma exclusiva os princípios da manufatura avançada.

A FEIMEC – que acontece de 3 a 7 de maio, no São Paulo Expo Exhibition Center, em São Paulo – é uma iniciativa da ABIMAQ (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), Informa Exhibitions e várias entidades do setor. Para se credenciar, acesse o site da feira.


Soluções para fábricas inteligentes

Considerada a maior e mais importante feira mundial de tecnologia – a Hannover Messe é um grande polo de inovação em automação industrial, robótica, mobilidade e energia, apresentando soluções para uma indústria integrada, mais eficiente e sustentável. Agendada para acontecer de 25 a 29 de abril, em Hannover, na Alemanha, a edição 2016 terá como lema “Indústria Integrada – Descobrindo Soluções”. Ele faz referência à Indústria 4.0, mostrando que esse conceito já não é uma visão de futuro, mas uma realidade que está mudando os modos de produção atuais.

Segundo Dr. Jocken Kockler, membro do Conselho Executivo da Deustche Messe, as empresas – para se manter competitivas – devem reconhecer e explorar plenamente o potencial da digitalização. Hannover Messe 2016 irá mostrar como, declarou. A digitalização de fábricas e sistemas de energia inteligentes compõem o tema mais importante na feira líder de tecnologia industrial. Em 2016, o país parceiro será os Estados Unidos, que vai estrear nesse importante evento, focando em temas como Eficiência Energética e tecnologias inteligentes.

Na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital) divulgamos uma seção especial que reúne algumas das mais recentes inovações de empresas que estarão presentes na Hannover Messe 2016. Você terá a oportunidade de conhecer novas tecnologias alinhadas aos mais modernos conceitos, entre eles a Indústria 4.0 – que vêm ganhando espaço nas discussões do meio industrial, nos fóruns e nas universidades. E que NEI vem abordando em suas edições constantemente.

A Hannover Messe 2016 terá como feiras: Industrial Automation, Energy, Digital Factory, Industrial Supply e Research & Technology. Para perceber a dimensão do evento, a edição de 2015 recebeu cerca de 220 mil visitantes e reuniu cerca de 6.500 expositores.


Novidades da FEIMEC e MECÂNICA para incrementar os processos fabris

Ganhos de produtividade, redução de custos, eficiência energética e Indústria 4.0. Essas são algumas das diretrizes que estão norteando discussões no meio industrial, são temas de fóruns do setor e estão direcionando esforços na organização das grandes feiras. Por isso é importante que você, leitor e usuário de NEI, conheça as mais recentes  tecnologias aplicadas a máquinas e equipamentos que podem ajudá-lo a incrementar seus processos produtivos, e até revolucionar seus modos atuais de fabricação.

Para apoiá-lo, antecipamos na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital), em seção especial, algumas das novidades que serão exibidas, em maio, em São Paulo, em duas feiras do setor de mecânica que acontecem juntas pela 1ª vez: a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, de 3 a 7, no São Paulo Expo Exhibition & Convention; e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA, de 17 a 21, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

A FEIMEC, em sua primeira edição, é uma iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Informa Exhibitions e mais de 30 entidades setoriais. A Feira Internacional da MECÂNICA, que tem história de quase 60 anos, é organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e também tem o apoio de várias associações da indústria.

Oportunidade dupla

A participação nas duas feiras é recomendável, pois você encontrará fornecedores diferentes em cada uma delas e, portanto, soluções tecnológicas em dobro. Ambas são feiras voltadas à área de mecânica, e não estão medindo esforços para oferecer a você, profissional da indústria, eventos com qualidade internacional e conteúdos alinhados aos mais recentes avanços tecnológicos. Nelas, temas atuais ganham até uma grade especial de seminários e palestras.

Na FEIMEC, a Manufatura Avançada será abordada no seminário “Indústria 4.0 – Aplicação na Prática” e ainda terá uma demonstração “ao vivo”. Numa área de 300 m², o visitante conhecerá a Fábrica Inteligente e poderá acompanhar todos os detalhes de produção de acessórios customizados por ele mesmo, via smartphone, conhecendo, assim, os princípios da manufatura avançada.

Na Feira da MECÂNICA o visitante também terá à disposição palestras e seminários sobre Indústria 4.0, automação, eficiência energética, soldagem e impressão 3D, além da Área da Inovação, espaço de 4 mil m² que mostrará recentes tecnologias e produtos aplicados aos sistemas produtivos.

Em suma, as duas feiras representam uma dupla oportunidade para você conhecer o que há de mais moderno em máquinas e equipamentos aqui e no mundo, e se atualizar, conhecendo ainda melhor as tecnologias que marcam a quarta revolução industrial. Programe-se!

Para se credenciar na FEIMEC, acesse: http://www.feimec.com.br/credenciamento21

Para se credenciar na MECÂNICA, acesse: http://www.mecanica.com.br/Credenciamento/Credenciamento-de-Visitantes/

 


Oportunidade em dobro

A partir deste mês inicia-se o ciclo das grandes feiras industriais, mostrando as inovações para aumento de produtividade, eficiência, redução de custos, entre outras necessidades também urgentes. Em maio, São Paulo será palco de dois eventos do setor de mecânica que acontecem juntos pela 1ª vez: a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, em sua 1ª edição, e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA.

Você encontrará fornecedores diferentes em cada uma delas e, portanto, soluções tecnológicas em dobro. Embora aconteçam em datas próximas, e sejam voltadas ao mesmo setor, as duas feiras representam uma dupla oportunidade para conhecer os mais recentes avanços tecnológicos, e se atualizar. Palestras e seminários sobre Indústria 4.0, impressão 3D, entre outros temas, vão inserí-lo numa nova era do conhecimento. E até uma demonstração “ao vivo” da Manufatura Avançada, na FEIMEC, mostrará os avanços da nossa indústria, e marca uma inovação no conceito de feira.

Na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital), você conhecerá algumas das novidades que ganharão destaque nesses dois eventos. Assim você conhece com antecedência essas novas soluções, identificando aquelas capazes de colaborar de modo mais imediato para incrementar seus processos, e também programar melhor sua visita às feiras.

Em abril, realiza-se ainda a maior feira de tecnologia industrial do mundo – a Hannover Messe, que mais uma vez coloca em pauta o tema Indústria Integrada, fazendo referência às tecnologias e aos desafios da Indústria 4.0. Para que conheça algumas das mais recentes inovações dos expositores desse megaevento, trazemos, também na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital) uma seleção de produtos para fábricas inteligentes, ajudando a indústria a se tornar mais moderna, integrada, eficiente e sustentável.

As feiras acontecem num momento desafiador, especialmente para nós, brasileiros. Ao mesmo tempo que enfrentamos turbulências político-econômicas – e isso tem refletido negativamente nos índices de atividade industrial – há uma corrida tecnológica em curso e que vai exigir do profissional mais conhecimento. Novos desafios requerem novas tecnologias.

Na próxima edição reuniremos mais lançamentos das feiras FEIMEC e MECÂNICA, em seção especial, além de outras novas soluções nacionais e internacionais, cumprindo, assim, nosso compromisso: o de levar até você novidades do mundo inteiro!

Para se credenciar na FEIMEC, acesse: http://www.feimec.com.br/credenciamento21

Para se credenciar na MECÂNICA, acesse: http://www.mecanica.com.br/Credenciamento/Credenciamento-de-Visitantes/


Abimaq realizará três feiras a partir de 2016

Vem aí a Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos – Feimec, a Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial – Expomafe e a Feira Internacional do Plástico e da Borracha – Plástico Brasil, os novos eventos da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq, que ocorrerão no São Paulo Expo. A entidade escolheu a BTS Informa, empresa integrante do Informa Group, como parceira na realização dessas feiras. Em maio de 2016 será realizada a primeira edição do evento do setor metalmecânico e em 2017, de máquinas-ferramenta e do plástico.

“Há décadas a Abimaq sonha com suas próprias feiras”, celebrou Carlos Pastoriza, presidente do Conselho de Administração da associação. “Estamos deixando de ser clientes para ser organizadores, com total controle para traçar estratégias em defesa dos setores”, completou José Velloso, presidente executivo da entidade.

As vantagens para as empresas associadas, de acordo com Velloso, são várias, entre elas: melhor infraestrutura do pavilhão, redução dos custos de montagem, força da entidade, condições especiais de financiamento durante os eventos, alianças com órgãos governamentais e institucionais e ações do projeto Abimaq-Apex.

Com a iniciativa, a associação deixa de apoiar, a partir de 2016, a Mecânica, a Feimafe e a Feiplastic.


Novas soluções tecnológicas para processos produtivos

Nesta seção, estão reunidas as novidades em máquinas, equipamentos e sistemas que serão apresentadas na Feira Internacional de Máquinas Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura – Feimafe 2015, que acontece em maio, em São Paulo. Com os lançamentos antecipados na edição de abril, você tem a oportunidade de conhecer 117 soluções que serão apresentadas na mais expressiva feira de máquinas-ferramenta da América Latina. Por meio da Revista NEI, é possível se inteirar das tendências do setor metalmecânico, organizar sua visita à feira e proporcionar até mesmo àqueles que não puderem comparecer ao evento conhecer os novos produtos da área.

Para agregar ainda mais conhecimento, além de agrupar na edição notícias de novos produtos do setor de máquinas-ferramenta, a equipe de reportagem de NEI conversou com especialistas de processos produtivos para apresentar nesta abertura as tecnologias do setor que ganham importância na indústria atualmente.

Segundo o prof. Rodrigo Lima Stoeterau, do Departamento de Engenharia Mecatrônica e de Sistemas Mecânicos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP, são elas: máquinas para usinagem por jato d´água com cinco eixos; tornos CNC com árvores indexados e ferramentas ativas para operações de torno-fresamento e torno brochamento; tornos de múltiplos cabeçotes; tornos automáticos CNC; e o uso cada vez mais amplo de robôs em operações de usinagem, principalmente na retificação de superacabamentos em geometrias complexas, como as encontradas em moldes e matrizes. Outro ponto destacado por ele é a integração da usinagem tanto convencional, com ênfase no fresamento, quanto a Laser com processos de soldagem,  tratamento térmico e estruturação superficial com Laser em uma única estação de trabalho.

“O desenvolvimento e a integração de ferramentas ativas para retificação em tornos e fresadoras também têm se mostrado uma tendência”, acrescentou Stoeterau. “Isso deve ser associado a máquinas rígidas com elevada exatidão de posicionamento, o que permite a usinagem completa em materiais de alta dureza e cerâmicas vítreas com requisitos ópticos. A integração do processo de retificação de máquinas, como tornos e fresadoras CNC, permite que sejam substituídas as retificadoras clássicas, dando maior flexibilidade às máquinas, geração de formas e produção.”

Para acrescentar, Durval Uchôas Braga, engenheiro mecânico e professor doutor da Universidade Federal de São João del-Rei, citou a usinagem nanométrica de materiais no estado endurecido e com altas velocidades de corte. Soma-se a essas novidades a preocupação com a redução do consumo de água e energia nas máquinas, que, além de colaborar com o meio ambiente, resulta em economia de custos.

Stoeterau informou que os grandes centros de pesquisas na Europa, em especial o WZL RWTH Aachen, o Fraunhofer-Institut für Produktionstechnologie IPT, o Fraunhofer-Instituts für Produktionsanlagen und Konstruktionstechnik IPK e o ETH Zürich – IWF têm se mostrado bastante ativos no desenvolvimento de máquinas-ferramenta para as necessidades futuras da indústria. Para ele, uma novidade que chama a atenção é a simulação total de máquinas-ferramenta, desde tempos e movimentos de fabricação até previsão de vida da ferramenta e de danos de superfícies nas peças, tudo integrado em um único pacote. A simulação total da usinagem permite a integração em ambiente de Fábrica 4.0 ou Fábricas Digitais.

O professor da USP acrescentou que as incertezas na política e economia brasileira – devidas também à estagnação do setor petrolífero, alta do dólar e recessão – podem tornar a importação de bens de capital menos atrativa ao empresário nacional. “Resta saber se os fabricantes nacionais terão estímulo e capacidade para suprir o mercado com máquinas tecnologicamente modernas”, alertou.

Bens de capital mecânicos

Em fevereiro, o faturamento bruto da indústria brasileira de máquinas e equipamentos foi de R$ 6 bilhões, aumento de 6,5% sobre o mês anterior. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, foi 7,3% maior. No bimestre, em relação a 2014, o crescimento foi de 5,4%. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq.

O resultado das exportações de fevereiro de US$ 791 milhões foi 0,9% maior que o registrado em janeiro. Comparando com o mesmo mês do ano anterior, caíram 24,5%. No bimestre, em relação ao mesmo período de 2014, despencaram 27,7%. Mas, mesmo com o resultado acumulado abaixo de 2014, as exportações mantiveram participação elevada (37%) no total das vendas, acima da média histórica de 32%. Quanto às importações, em fevereiro somaram US$ 1,824 bilhão. No mês, a queda foi de 30,3%.

Específico sobre a indústria de máquinas-ferramenta, o faturamento nominal de fevereiro de 2015 foi de R$ 128 milhões, contra R$ 104 milhões do mesmo mês de 2014. O faturamento nominal de 2014 foi de mais de R$ 688 milhões; as exportações, de R$ 427 milhões; as importações, de R$ 2,5 bilhões, e o consumo aparente; de R$ 2,7 bilhões.

José Velloso, presidente executivo da Abimaq, ressaltou que, apesar de todos os desafios impostos pelo atual cenário econômico no Brasil, o momento é propício para exportações devido a fatores como a retomada de crescimento dos Estados Unidos e da União Europeia e ao câmbio mais favorável, que pode levar ao aumento da competitividade de alguns setores. Além disso, há previsão de crescimento para alguns países prioritários do programa Brazil Machinery Solutions – BMS, como Chile, Colômbia, Peru, México e EUA. O BMS é uma parceria entre a Abimaq e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex Brasil que visa à promoção das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos. Em março, foi lançada a Campanha Esforço Exportador 2015, uma iniciativa da BMS.

Velloso concluiu que, como a retomada do mercado interno deve demorar a acontecer, devido às incertezas da economia local e mundial, as empresas devem se preparar o quanto antes para o mercado externo.