Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Feiras & Eventos’

ABB comemora 105 anos no Brasil e lança ABB Ability

Em evento que marcou seus 105 anos no Brasil, a ABB lançou o ABB Ability, oferta digital de produtos e soluções que possibilita às empresas otimizar a análise de dados de suas operações e obter ganhos de eficiência, melhorando simultaneamente sua produtividade. A nova solução também permite reduzir manutenções e prolongar a vida útil dos ativos, resultando em eficiência de custos e operações mais sustentáveis e seguras. A ABB estima que as soluções digitais possam adicionar US$ 20 bilhões em sua receita anual.

Com o ABB Ability, a ABB oferece uma transição significativa da conectividade para digitalização, automação e robótica, um diferencial para a indústria. “A ABB está presente no Brasil há mais de cem anos e vem contribuindo de forma inovadora para alguns dos projetos de infraestrutura mais icônicos, como Itaipu e Belo Monte”, afirmou o CEO da companhia, Ulrich Spiesshofer, no evento que aconteceu no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. “Nós fornecemos os primeiros equipamentos elétricos para o Bondinho do Pão de Açúcar, o primeiro teleférico da América Latina, inaugurado em 1912”, acrescentou.

A ABB é ainda uma das principais fornecedoras do S11D, o maior projeto de mineração do mundo, localizado no sudeste do estado do Pará. A empresa desenvolveu uma solução única para gerenciamento de ativos em tempo real e forneceu tecnologia de automação para as esteiras transportadoras, permitindo o sistema truckless.

foto ABBComo parte das celebrações dos 105 anos da ABB no País, o YuMi, robô colaborativo industrial de dois braços desenvolvido pela ABB, e o renomado artista plástico Caio Chacal criaram uma obra de arte juntos, demonstrando que a interação entre máquinas inteligentes e humanos não é mais uma projeção para o futuro. A peça ficou como legado para o Museu do Amanhã.

A ABB opera em mais de 100 países e conta com cerca de 136 mil colaboradores.


1º Fórum de Inovação comprova o sucesso do Programa Nacional Conexão Indústria da ABDI

27, setembro, 2017 Deixar um comentário

Representantes de startups, CEOs de grandes indústrias, agentes públicos envolvidos com inovação, especialistas, empresários e acadêmicos compuseram os mais de 500 participantes que marcaram presença no 1º Fórum de Inovação Startup Indústria, promovido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), no dia 22 de setembro, em São Paulo, com o objetivo de debater os desafios de inovar no País e de como estimular a conexão entre startups e indústrias.

O evento foi um marco que consolidou e comprovou o sucesso do Programa Nacional Conexão Startup Indústria da ABDI, lançado pela entidade em março deste ano, buscando inaugurar no Brasil uma cultura de gestão voltada para resultados, pois, de acordo com a pesquisa Sondagem de Inovação, realizada pela ABDI com 408 empresas da indústria de transformação, 21% das indústrias já realizam negócios com startups; 45% ainda não sabem como proceder, mas estão se preparando para uma futura conexão com empresas novas; e 21% ainda não têm interesse.

“Estamos inserindo R$ 50 milhões, nos próximos três anos, no ecossistema de inovação brasileiro, de uma forma cirúrgica e com o claro objetivo de estimular a inovação e promover projetos e ações voltados à Indústria 4.0”, explicou Guto Ferreira, presidente de Desenvolvimento da ABDI, que representou o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, na abertura do Fórum, ao mencionar outros programas com o mesmo perfil, como Startup Brasil, InovAtiva, Rota 2030, que poderão elevar o Brasil para outro patamar.

Segundo Ferreira, o conceito de Indústria 4.0 vai atingir uma parcela da nossa indústria que pode levar o Brasil a outro patamar de produtividade; “pode levar a economia a sair da 9ª posição e voltar a ser a 5ª ou a 4ª”.

De acordo com ele, se antes a negociação entre indústria e startups era mais complexa, hoje já é possível perceber que ambas conseguem se entender como duas partes de um mesmo negócio. “É uma janela de oportunidades comprovada pelos resultados do evento”, explicou o presidente da ABDI. Ele afirmou que no mundo inteiro esse papel tem ficado cada vez mais claro. Segundo sua avaliação, “não existe outra possibilidade para a indústria inovar, reduzir custos e resolver os seus problemas que não seja pelas soluções mais baratas e eficientes propostas pelas startups”.

Convidado pela ABDI para falar sobre os desafios da inovação, Dennis Tsu, um dos principais executivos de economia global e diretor de Estratégia Corporativa do Stanford Research Institute (SRI), afirmou que “a única opção para o desenvolvimento de um país é por meio de investimentos em inovação”. O executivo ressaltou que há muitos modelos de políticas de inovação no mundo, mas podemos resumir todas as metodologias em três principais caminhos:

  • o estímulo às invenções (ideias);
  • a capacitação de recursos humanos (pessoas);
  • e o capital (investimentos em pesquisa e inovação).

O evento contou, ainda, com quatro grandes painéis, onde representantes de indústrias e startups discutiram a importância de a indústria se conectar com mecanismos de apoio ao desenvolvimento de negócios; por que inovar por meio das startups; os desafios e soluções da indústria para inovar com as startups; e as perspectivas futuras da conexão startup indústria.

 

Novas tecnologias para inovar

Fabiana Kuroda, gerente executiva da Confia, definiu o papel da startup como essencial. Segundo ela, “a startup consegue fazer uma disrupção dentro da indústria, traz inovação, consegue fazer a indústria pensar um pouco mais ‘fora da caixa’, pode enxergar o problema melhor e propor solução”. Na opinião da executiva, a startup propõe soluções em toda a cadeia, não só na produção. “Pode haver diversos tipos de inovação dentro da indústria”, alertou Fabiana.

Um exemplo de inovação é a Virturian, startup de monitoramento de motores elétricos de Belo Horizonte (MG). A empresa desenvolveu o software Virturian SenseMaker (VSM), que faz análise e virtualização de motores, dentro do conceito da Indústria 4.0, de espaço ciber-físico. “Nós conseguimos auxiliar a indústria em seus processos produtivos; aumentamos sua eficiência”, declarou João Marinheiro, diretor de vendas da empresa.

Ele explicou que, com o software, é possível prever a quebra de motores elétricos, garantindo assim a diminuição do risco de paradas não programadas e catastróficas, que automaticamente geram grande prejuízo para a indústria. A Virturian faz isso através da análise de motores elétricos, respondendo a quatro principais perguntas: se o motor vai quebrar; qual motor seria esse; quando isso irá ocorrer; e o porquê. “Nós medimos corrente e rotação do motor, sem fazer nenhuma instrumentação interna dentro do equipamento”, concluiu Marinheiro.

Já a Phelcom Technologies, startup focada em criar produtos inovadores na área de IoT Healthcare, unindo soluções em óptica, eletrônica e computação, transforma smartphones em equipamentos médicos portáteis e conectados. O primeiro produto da empresa é o Smart Retinal Camera (SRC), que transforma o smartphone em um retinógrafo portátil e conectado. Segundo Diego Lencione, physicist & co-founder da Phelcom, através dele é possível fazer exames de fundo de olho em alta resolução, num equipamento muito mais barato e muito mais acessível. “Estamos testando o equipamento em hospitais e centros de referência em oftalmologia”, informou.

De acordo com Lencione, a Phelcom também está utilizando os mesmos módulos tecnológicos, as mesmas plataformas tecnológicas dos produtos da empresa para as indústrias. “As indústrias nos procuram para automatizar processos, para fazer  processos de inspeção, e nós usamos sistemas de visão computacional, aprendizagem de máquina, que fazemos para os nossos produtos, para aplicação na indústria também”, explicou.

A Nearbee, uma das cinco startups vencedoras do Desafio Cisco de Inovação Urbana, empresa focada em desenvolvimento de tecnologias de rastreamento utilizando plataformas mobiles, smartphones e IoT, também tem levado esse tipo de flexibilidade para a indústria. Felipe Fontes, CEO da Nearbee, declarou que a empresa cria sistemas de logística e monitoramento de time de entrega, de logística um pouco mais flexíveis, que utilizam a própria estrutura. “Nosso sistema viabiliza operações de logística integrada de forma mais eficiente, que inclui desde o motorista utilizando o próprio smartphone até a integração de um equipamento IoT de custo menor”, enfatizou Fontes.

Daniel Uchôa, CEO da OvermediaCast, comentou que já é possível perceber que a indústria está comprando das startups, e que muitas empresas ainda estão se preparando para dar esse passo. “Nós acreditamos que este é um caminho inevitável, isso está acontecendo no mundo inteiro, e a inovação é necessidade de sobrevivência”, analisou o executivo que participou do Fórum.

Para justificar o retorno sobre investimento em serviços de manutenção industrial, a BirminD desenvolveu um software que coleta os dados automaticamente da planta, aprende como funciona aquele processo e modela matematicamente para identificar ali quanto está sendo desperdiçado e qual a oportunidade de melhoria. Diego Mariano de Oliveira, CEO da BirminD, explicou que a ideia é responder para o gestor “quanto ele irá receber de retorno, se ele investir em determinado produto, processo ou em uma melhoria”.

Cliente da BirminD, a BRF possui uma grande área de manutenção, muitos custos no setor e estava em busca de uma solução que possibilitasse fazer um trabalho de planejamento mais preciso, com maior eficiência e menor custo. Cyro Calixto, especialista em engenharia industrial da empresa, disse ter visualizado na BirminD uma oportunidade muito boa através de uma solução apresentada, “que é a predição de tudo isso, de modo que nós possamos conseguir atingir nossos objetivos”.

Com um formato interativo, o palco ABDI permitiu a aproximação do público com os projetos desenvolvidos, esclareceu dúvidas e, principalmente, recolheu sugestões de indústrias, startups, empresariado e academia quanto aos setores produtivos trabalhados pela Agência.

Para Cynthia Mattos, gerente de Desenvolvimento Produtivo e Tecnológico, “a participação das pessoas durante a exposição orientou a conversa do palco ABDI. E esse modelo, característica do ambiente das startups, facilita as relações e conexões entre os atores da inovação no país”.

Texto escrito por Miriam Dias, jornalista e colaboradora de NEI Soluções.  

Feiplastic 2017: cadeia do plástico se reúne em abril, no Expo Center Norte/SP

Uma das principais feiras do setor de plástico, a Feiplastic 2017 – Feira Internacional do Plástico acontece de 4 a 7 de abril de 2017, no Expo Center Norte, em São Paulo, SP.  O evento tem como propósito apresentar as mais recentes tecnologias da cadeia do plástico e as tendências do setor, contribuindo para o networking e a geração de negócios.

Uma das empresas expositoras do evento é a Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros. Assista ao depoimento de Luciano Guidolin, vice-presidente de Poliolefinas, Comperj e Renováveis da Braskem:

A Feiplastic 2017 estima receber 70 mil visitantes e reunir 1.400 marcas nacionais e internacionais numa área de 85 mil m². O evento vai contar com um espaço dedicado à troca de experiência e atualização profissional, a Ilha do Conhecimento, onde os expositores farão apresentações, expondo novas tecnologias. Entre os setores presentes estão: Produtos Básicos e Matérias-Primas; Máquinas, Equipamentos e Acessórios; Moldes e Ferramentas; Transformadores de Plástico; Resinas Sintéticas; Instrumentação, Controle e Automação; Serviços e Projetos Técnicos; e Reciclagem.

Assista ao vídeo de apresentação da Feiplastic:

Para se credenciar, acesse aqui.

Para acompanhar as notícias sobre a Feiplastic 2017, acesse aqui.

 


Feimafe 2017 acontece em junho, no Expo Center Norte, em SP

Organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a 16ª Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura acontece em nova data e local: de 20 a 24 de junho de 2017, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP.

Assista ao vídeo de apresentação da Feimafe.

 

O evento terá espaços dedicados à apresentação de novas tecnologias, como a Área de Inovação, reunindo o que há de mais recente mundialmente em máquinas e equipamentos, e também a Ilha do Conhecimento, onde acontecerão debates técnicos e apresentações de expositores e parceiros. Além disso, uma extensa grade de seminários e palestras está prevista para o evento, ajudando a promover a atualização profissional dos participantes.

A feira deve reunir cerca de 1.400 marcas nacionais e internacionais e receber 70 mil visitantes/compradores qualificados. Entre os setores do evento estão: Acessórios – Dispositivos e Componentes; Automação; Controle de Qualidade – Integrado à Fabricação; Controle de Qualidade e Medição; Equipamentos Hidráulicos e Pneumáticos, Válvulas, Bombas e Compressores; Equipamentos para Movimentação e Armazenagem; Ferramentas; Máquinas e Equipamentos Diversos e Acessórios para Metal-Mecânico; Máquinas-Ferramenta; e Soldagem.

Para se credenciar, acesse aqui.

Para acompanhar as notícias sobre a Feimafe 2017, acesse aqui.

 


Máquinas-ferramenta Novas soluções para incrementar a capacidade das linhas produtivas

Determinantes para melhorar a eficiência do parque fabril, as máquinas-ferramenta impactam na produtividade e na qualidade dos processos industriais. Com o avanço das tecnologias na área de manufatura, elas ganham novos recursos e funcionalidades, proporcionando produções mais flexíveis, precisas, seguras e rápidas.

Ao conhecer as novas tecnologias aplicadas às máquinas-ferramenta, você tem a oportunidade de identificar soluções para incrementar suas linhas produtivas, promovendo ganhos de eficiência e até de redução de custos, com processos mais otimizados e controlados. Para ajudá-lo a conhecer algumas das novidades desse setor, a equipe editorial de NEI realizou uma pesquisa nos mercados nacional e internacional para conhecer e selecionar os produtos mais recentes.

Nessa seção, você confere essas novidades, inclusive de expositores da IMTS 2016 – International Manufacturing Technology Show (Feira Internacional de Máquinas-ferramenta), principal evento da indústria de manufatura norte-americana, que acontece este mês, em Chicago. Um dos produtos da capa desta edição, a brunidora Lifehone L630, da Gehring, é um exemplo de máquina-ferramenta que será lançada nessa feira.

Outras novidades em máquinas-ferramenta poderão ser conferidas nas próximas edições. E em 2017, acontecem, em São Paulo, dois importantes eventos focados em máquinas-ferramenta: a Expomafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial, em sua 1ª edição, de 9 a 13 de maio, no São Paulo Expoe, e a Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, em sua 16ª edição, de 20 a 24 de junho, no Expo Center Norte, ambas em São Paulo, SP .  Uma dupla oportunidade para conhecer novas tecnologias aplicadas aos sistemas produtivos.

Na era da Indústria 4.0, o setor de manufatura vai requerer máquinas, equipamentos e sistemas cada vez mais inteligentes, instrumentados e interconectados. Novas tecnologias estão surgindo para tornar os processos produtivos mais flexíveis, ágeis e eficientes. Cedo ou tarde, essa corrida tecnológica vai bater na sua porta. E a indústria precisa se preparar para um novo ciclo de desenvolvimento.


Incrementando o chão de fábrica

Além de apresentar as mais recentes tecnologias aplicadas a máquinas e equipamentos, e fomentar novos negócios, as megafeiras espelham o comportamento da indústria diante das oscilações da economia. É um bom momento para observar como as empresas estão usando as pressões decorrentes da crise para dela emergir em melhores condições e com novas soluções.

Neste mês, a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, em sua 1ª edição, e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA, ambas voltadas ao setor de mecânica, representam uma dupla oportunidade para que você, profissional da indústria, conheça novas tecnologias, visite espaços dedicados a inovações e também assista a palestras e seminários sobre temas que impactam nos negócios, como Indústria 4.0, impressão 3D e eficiência energética, entre outros. Esses megaeventos são, portanto, um reflexo natural da importância que as máquinas e os equipamentos exercem no desempenho da planta e da própria empresa.

Por isso, a edição de NEI de maio/16 divulga mais notícias de produtos que serão apresentados nas duas feiras, reunidos a partir da página 10 (alguns deles estão na capa), permitindo que você conheça e encontre soluções para melhorar seus processos, aumentar sua produtividade e planejar seus investimentos futuros. Essa amostra é ainda complementada por outros produtos industriais pesquisados por NEI Soluções nos mercados nacional e internacional, distribuídos pela edição.

Conhecimento é uma ferramenta importante para a inovação. E a indústria, para se manter competitiva, precisa também acelerar o desenvolvimento de seu pessoal. As tecnologias renovam-se com grande velocidade, portanto, a necessidade de atualização é permanente na indústria e condição essencial para sua modernização.

Por isso, há mais de 42 anos, NEI acompanha a dinâmica do mercado industrial, pesquisando e produzindo conteúdos que possam ajudar os profissionais que atuam nas mais diversas áreas da indústria a encontrar soluções para suas atividades.

 


FEIMEC oferece e-book gratuito sobre Manufatura Avançada

Tudo o que você precisa saber sobre a 4ª Revolução Industrial e os desafios a serem enfrentados para sua implementação no Brasil está no e-book “Manufatura Avançada”, oferecido gratuitamente no site da FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos e que traz depoimentos de vários especialistas no assunto.

Para fazer o download gratuito, acesse o endereço http://feimec.com.br/a-voz-da-industria/e-book—manufatura-avancadaFeimec-ebook-manufatura-miniatura2. Basta inserir seu nome, e-mail, cargo e cidade, e selecionar o segmento da empresa e estado. Tudo de forma rápida e simples.

O e-book traz uma definição sobre o que é manufatura avançada, sua relação com as revoluções industriais e seus benefícios para tornar a indústria mais eficiente, flexível e ágil. Além de tratar a manufatura avançada no mundo e no Brasil, apresentando, inclusive, os desafios que precisamos enfrentar para iniciar sua implantação, o documento discute a relação da manufatura avançada com emprego e ainda traz indícios de que a demanda por máquinas-ferramenta no Brasil será enorme, em vista da necessidade de modernização do parque fabril.

Você também encontra no e-book informações sobre linhas de financiamento de incentivo à Manufatura Avançada, oferecidas pelo BNDES, além de ter a oportunidade de saber mais sobre a Fábrica Inteligente, na FEIMEC – um espaço que vai demonstrar de forma exclusiva os princípios da manufatura avançada.

A FEIMEC – que acontece de 3 a 7 de maio, no São Paulo Expo Exhibition Center, em São Paulo – é uma iniciativa da ABIMAQ (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), Informa Exhibitions e várias entidades do setor. Para se credenciar, acesse o site da feira.


Soluções para fábricas inteligentes

Considerada a maior e mais importante feira mundial de tecnologia – a Hannover Messe é um grande polo de inovação em automação industrial, robótica, mobilidade e energia, apresentando soluções para uma indústria integrada, mais eficiente e sustentável. Agendada para acontecer de 25 a 29 de abril, em Hannover, na Alemanha, a edição 2016 terá como lema “Indústria Integrada – Descobrindo Soluções”. Ele faz referência à Indústria 4.0, mostrando que esse conceito já não é uma visão de futuro, mas uma realidade que está mudando os modos de produção atuais.

Segundo Dr. Jocken Kockler, membro do Conselho Executivo da Deustche Messe, as empresas – para se manter competitivas – devem reconhecer e explorar plenamente o potencial da digitalização. Hannover Messe 2016 irá mostrar como, declarou. A digitalização de fábricas e sistemas de energia inteligentes compõem o tema mais importante na feira líder de tecnologia industrial. Em 2016, o país parceiro será os Estados Unidos, que vai estrear nesse importante evento, focando em temas como Eficiência Energética e tecnologias inteligentes.

Na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital) divulgamos uma seção especial que reúne algumas das mais recentes inovações de empresas que estarão presentes na Hannover Messe 2016. Você terá a oportunidade de conhecer novas tecnologias alinhadas aos mais modernos conceitos, entre eles a Indústria 4.0 – que vêm ganhando espaço nas discussões do meio industrial, nos fóruns e nas universidades. E que NEI vem abordando em suas edições constantemente.

A Hannover Messe 2016 terá como feiras: Industrial Automation, Energy, Digital Factory, Industrial Supply e Research & Technology. Para perceber a dimensão do evento, a edição de 2015 recebeu cerca de 220 mil visitantes e reuniu cerca de 6.500 expositores.


Novidades da FEIMEC e MECÂNICA para incrementar os processos fabris

Ganhos de produtividade, redução de custos, eficiência energética e Indústria 4.0. Essas são algumas das diretrizes que estão norteando discussões no meio industrial, são temas de fóruns do setor e estão direcionando esforços na organização das grandes feiras. Por isso é importante que você, leitor e usuário de NEI, conheça as mais recentes  tecnologias aplicadas a máquinas e equipamentos que podem ajudá-lo a incrementar seus processos produtivos, e até revolucionar seus modos atuais de fabricação.

Para apoiá-lo, antecipamos na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital), em seção especial, algumas das novidades que serão exibidas, em maio, em São Paulo, em duas feiras do setor de mecânica que acontecem juntas pela 1ª vez: a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, de 3 a 7, no São Paulo Expo Exhibition & Convention; e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA, de 17 a 21, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

A FEIMEC, em sua primeira edição, é uma iniciativa da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Informa Exhibitions e mais de 30 entidades setoriais. A Feira Internacional da MECÂNICA, que tem história de quase 60 anos, é organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e também tem o apoio de várias associações da indústria.

Oportunidade dupla

A participação nas duas feiras é recomendável, pois você encontrará fornecedores diferentes em cada uma delas e, portanto, soluções tecnológicas em dobro. Ambas são feiras voltadas à área de mecânica, e não estão medindo esforços para oferecer a você, profissional da indústria, eventos com qualidade internacional e conteúdos alinhados aos mais recentes avanços tecnológicos. Nelas, temas atuais ganham até uma grade especial de seminários e palestras.

Na FEIMEC, a Manufatura Avançada será abordada no seminário “Indústria 4.0 – Aplicação na Prática” e ainda terá uma demonstração “ao vivo”. Numa área de 300 m², o visitante conhecerá a Fábrica Inteligente e poderá acompanhar todos os detalhes de produção de acessórios customizados por ele mesmo, via smartphone, conhecendo, assim, os princípios da manufatura avançada.

Na Feira da MECÂNICA o visitante também terá à disposição palestras e seminários sobre Indústria 4.0, automação, eficiência energética, soldagem e impressão 3D, além da Área da Inovação, espaço de 4 mil m² que mostrará recentes tecnologias e produtos aplicados aos sistemas produtivos.

Em suma, as duas feiras representam uma dupla oportunidade para você conhecer o que há de mais moderno em máquinas e equipamentos aqui e no mundo, e se atualizar, conhecendo ainda melhor as tecnologias que marcam a quarta revolução industrial. Programe-se!

Para se credenciar na FEIMEC, acesse: http://www.feimec.com.br/credenciamento21

Para se credenciar na MECÂNICA, acesse: http://www.mecanica.com.br/Credenciamento/Credenciamento-de-Visitantes/

 


Oportunidade em dobro

A partir deste mês inicia-se o ciclo das grandes feiras industriais, mostrando as inovações para aumento de produtividade, eficiência, redução de custos, entre outras necessidades também urgentes. Em maio, São Paulo será palco de dois eventos do setor de mecânica que acontecem juntos pela 1ª vez: a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, em sua 1ª edição, e a 31ª Feira Internacional da MECÂNICA.

Você encontrará fornecedores diferentes em cada uma delas e, portanto, soluções tecnológicas em dobro. Embora aconteçam em datas próximas, e sejam voltadas ao mesmo setor, as duas feiras representam uma dupla oportunidade para conhecer os mais recentes avanços tecnológicos, e se atualizar. Palestras e seminários sobre Indústria 4.0, impressão 3D, entre outros temas, vão inserí-lo numa nova era do conhecimento. E até uma demonstração “ao vivo” da Manufatura Avançada, na FEIMEC, mostrará os avanços da nossa indústria, e marca uma inovação no conceito de feira.

Na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital), você conhecerá algumas das novidades que ganharão destaque nesses dois eventos. Assim você conhece com antecedência essas novas soluções, identificando aquelas capazes de colaborar de modo mais imediato para incrementar seus processos, e também programar melhor sua visita às feiras.

Em abril, realiza-se ainda a maior feira de tecnologia industrial do mundo – a Hannover Messe, que mais uma vez coloca em pauta o tema Indústria Integrada, fazendo referência às tecnologias e aos desafios da Indústria 4.0. Para que conheça algumas das mais recentes inovações dos expositores desse megaevento, trazemos, também na edição de abril da Revista NEI (acesse a versão digital) uma seleção de produtos para fábricas inteligentes, ajudando a indústria a se tornar mais moderna, integrada, eficiente e sustentável.

As feiras acontecem num momento desafiador, especialmente para nós, brasileiros. Ao mesmo tempo que enfrentamos turbulências político-econômicas – e isso tem refletido negativamente nos índices de atividade industrial – há uma corrida tecnológica em curso e que vai exigir do profissional mais conhecimento. Novos desafios requerem novas tecnologias.

Na próxima edição reuniremos mais lançamentos das feiras FEIMEC e MECÂNICA, em seção especial, além de outras novas soluções nacionais e internacionais, cumprindo, assim, nosso compromisso: o de levar até você novidades do mundo inteiro!

Para se credenciar na FEIMEC, acesse: http://www.feimec.com.br/credenciamento21

Para se credenciar na MECÂNICA, acesse: http://www.mecanica.com.br/Credenciamento/Credenciamento-de-Visitantes/