Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Alagoas’

Parceria de BIT 9 e Senai inova na forma de qualificar profissionais da indústria

21, março, 2014 Deixar um comentário

O Simulador de Soldagem Industrial já está em uso no Senai Alagoas e em breve será realidade no sistema de ensino profissional em todo o Brasil

Com uso de um tablet Cintiq 22HD da Wacom, empresa especializada em tablets para criação digital, o Senai Alagoas e a BIT9 desenvolveram o Simulador de Soldagem Industrial MIG/MAG e TIG para ser utilizado pelos docentes do Senai na capacitação dos futuros profissionais industriais.

O simulador reproduz em escala real todas as operações e posições de soldagem estabelecidas pela norma, com interação por sistema de coordenadas, que incluem parâmetros como: posição, inclinação, pressão e rotação da tocha de soldagem.

Entre os benefícios do projeto destacam-se a redução de custos e do tempo de formação de profissionais, de despesas com energia elétrica e material de consumo, redução da ocupação dos postos de trabalho nos laboratórios de soldagem e, principalmente, a eliminação dos riscos de acidentes na fase mais crítica de preparação de soldadores.

A escolha da tecnologia Wacom foi estratégica, pois os idealizadores precisavam agregar ao projeto um princípio de realidade na simulação dos processos de soldagem MIG/MAG e TIG, que exigia uma perfeita integração entre a tecnologia disponível na Cintiq 22HD com o software simulador de soldagem.

O simulador está disponível em duas linguagens de programação: Microsoft visual C++, responsável pela leitura dos dispositivos USB, como Hardlock e Tablet, e o Q3D para programação gráfica. “Vale ressaltar também o diferencial da caneta digital, que acompanha o produto, com tecnologia indutiva de precisão, proporcionando elevados níveis de detecção de pressão na ponta e ampla faixa de angulação, requisitos imprescindíveis para o sucesso na utilização do Simulador de Soldagem”, complementa Jean Cavalcante, líder da área de automação industrial e instrumentação do Senai-AL.


Tigre-ADS tem nova fábrica em Maceió (AL)

11, março, 2014 Deixar um comentário

Com investimentos de R$ 20 milhões, a nova planta focará na fabricação de tubos, visando as grandes obras de infraestrutura do País

A Tigre-ADS, que produz e comercializa tubos de polietileno de grandes diâmetros (PEAD), inaugurou recentemente sua fábrica em Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió (AL). Esta é a primeira fábrica da empresa no Nordeste e a segunda no País. A Tigre-ADS investiu cerca de R$ 20 milhões na planta, que ocupará um terreno de 40 mil metros quadrados, sendo 3,8 mil de área coberta.

Com foco nos mercados do Norte e Nordeste, a nova unidade produzirá, principalmente, tubos corrugados. Até o final do ano, quando estiver em pleno funcionamento, a planta de Maceió produzirá até 450 toneladas/mês.

A unidade produzirá ainda todos os produtos de seu portfolio voltados para infraestrutura, mineração e agricultura, como soluções para saneamento, aterros sanitários, detenção e retenção, infiltração, drenagem, e drenagem esportiva. “O Brasil passa por um momento muito importante no que se refere a obras de infraestrutura, principalmente com a proximidade de grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo, que terá um impacto especial sobre a região Nordeste. Desta maneira, a Tigre-ADS poderá atender com mais agilidade a um mercado que tem registrado forte demanda”, revela José Antonio Cattani, gerente-geral da Tigre-ADS.

A cidade de Maceió foi escolhida estrategicamente para sediar a nova unidade da Tigre-ADS. Segundo o gerente-geral, em 2013 a região Norte e Nordeste representou 50% do faturamento da empresa. “Diferentes estudos apontam que Norte e Nordeste crescerão acima da média do Brasil em 2014”, observa.


Braskem inaugura fábrica de PVC em Alagoas

23, agosto, 2012 3 comentários

Para a produção de 200 mil toneladas anuais de PVC, a Braskem inaugurou na sexta-feira em Marechal Deodoro, Alagoas, sua nova unidade para a fabricação dessa resina com investimento de R$ 1 bilhão, o maior já feito em um único projeto desde a fundação da companhia há dez anos. A planta instalou-se no polo industrial que conta com 60 empresas, gerando aproximadamente dez mil empregos diretos e indiretos.

A obra teve duração de dois anos e nela foram utilizados cerca de 30 mil metros cúbicos de concreto, três mil toneladas de tubulação e 800 quilômetros de cabos. Durante a fase mais intensa, em média 3.500 pessoas trabalharam na obra, sendo a maioria alagoana e moradora do município de Marechal Deodoro.

Para capacitar os trabalhadores, foi implantado o Programa Acreditar, que ofereceu 11 cursos, como armador de ferragens, caldeireiro, carpintaria de forma, eletricista força e controle, eletricista montador, encanador industrial, mecânico ajustador e mecânico montador.


Categories: Oportunidades Tags: , , ,