Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Expansão’

Produção industrial cresce em 9 dos 14 locais pesquisados em setembro, aponta IBGE  

Em setembro, a indústria nacional registrou resultado positivo de 0,5% em relação a agosto (com ajuste sazonal) e ainda cresceu em 9 dos 14 locais pesquisados, revela a Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Regional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. O avanço mais acentuado foi registrado no Espírito Santo (9,0%), que compensou a perda de 7,0% observada no mês anterior.

Minas Gerais (2,0%), São Paulo (1,6%), Rio Grande do Sul (0,7%), região Nordeste (0,6%), Amazonas (0,5%), Pará (0,5%), Rio de Janeiro (0,5%) e Pernambuco (0,2%)  também tiveram índices positivos em setembro de 2016. Por outro lado, Goiás (-3,3%) teve o mais acentuado resultado negativo e registrou o segundo mês consecutivo de queda da produção, acumulando 7,7 %.  As demais taxas negativas foram observadas no Ceará (-1,9%) e na Bahia (-1,6%), enquanto Paraná (0,0%) e Santa Catarina (0,0%) repetiram o valor registado em agosto.

Segundo o IBGE, o acumulado nos últimos doze meses – com o recuo de 8,8% em setembro de 2016 para o total da indústria nacional – reduziu o ritmo de queda frente ao registrado em junho (-9,8%), julho (-9,6%) e agosto (-9,3%).

Para ler a pesquisa na íntegra, acesse aqui:

Fonte: IBGE – Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Indústria

 


Clark amplia fábrica de Vinhedo

R$ 5 milhões acabam de ser investidos na primeira fase de expansão da unidade da Clark em Vinhedo (SP). A área coberta tem agora 5.000 m2, o dobro da que possuía, e será usada para a fabricação e a montagem do modelo de empilhadeiras C 25, de 2.500 kg. A ampliação também engloba as áreas de estocagem, pintura e treinamento.

A empresa deve iniciar a produção desse modelo a partir de junho de 2013. No momento, procura por fornecedores. Segundo Euclides Azenha, presidente da companhia, a intenção é de que os equipamentos sejam nacionais para que possam ser financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, para isso 60% das peças devem ser feitas no País. Informou ainda que algumas serão de terceiros e uma parte, importada.

A Clark planeja realizar a segunda fase da expansão de sua sede em 2014. Na nova etapa serão investidos mais R$ 10 milhões para a ampliação de mais 2.500 m2 da área coberta. Com a completa expansão, a empresa prevê de 15% a 20% de crescimento em médio prazo.


ABB expandirá capacidade da rede de transmissão de energia no Brasil

Mais de US$ 50 milhões serão investidos pela ABB em subestações de transmissão de energia no País. A empresa será a responsável por projetar, fornecer e instalar duas novas subestações de 230/69 kV em Miramar e Tucuruí e uma subestação de 230/138 kV em Nobres para a Eletrobras Eletronorte. Também construirá uma subestação de 230/138 kV em Umuarama e ampliará a subestação de Cascavel Oeste para a Costa Oeste Transmissora de Energia S.A., um consórcio formado pela Copel e Eletrobras Eletrosul. Os projetos devem ser concluídos até 2013.

Em outros dois projetos contratados pela Eletrobras Chesf, a ABB instalará uma subestação de 230/69 kV (Teresina III) e ampliará outras subestações existentes de 230 kV e 500 kV no nordeste do País.

Serão fornecidos painéis de distribuição isolados a gás e a ar, transformadores de alta tensão, painéis de média tensão, sistemas auxiliares e cabos. A ABB também entregará o sistema e a automação Scada (controle de supervisão e aquisição de dados). As subestações estarão equipadas com o sistema de comunicação aberto compatível com IEC 61850 para permitir o monitoramento remoto e o controle de ativos de energia localizados em vários locais.


DuPont expande seu Centro de Inovação e Tecnologia

Localizado em Paulínia (SP), o Centro de Inovação e Tecnologia da DuPont recentemente ganhou uma nova área para abrigar o Centro de Inovação Brasil, espaço criado para estimular as atividades de colaboração científica e o desenvolvimento de inovações e produtos. Segundo a empresa, por meio dessa iniciativa, clientes, parceiros, acadêmicos e organizações civis e governamentais terão acesso ao conhecimento acumulado por 9.500 cientistas, químicos e engenheiros da companhia. O Brasil é o sétimo país a contar com esse espaço.

Desde sua inauguração no País em 2009, o Centro de Inovação e Tecnologia recebeu US$ 11 milhões para expansão. Atualmente, de acordo com a DuPont, o local conta com 25 profissionais dedicados exclusivamente à pesquisa e laboratórios para pesquisas nas áreas de biocombustíveis, polímeros, embalagens industriais, sementes, tintas automotivas e tecnologias para proteção.