Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Feiplastic’

Feiplastic 2017: cadeia do plástico se reúne em abril, no Expo Center Norte/SP

Uma das principais feiras do setor de plástico, a Feiplastic 2017 – Feira Internacional do Plástico acontece de 4 a 7 de abril de 2017, no Expo Center Norte, em São Paulo, SP.  O evento tem como propósito apresentar as mais recentes tecnologias da cadeia do plástico e as tendências do setor, contribuindo para o networking e a geração de negócios.

Uma das empresas expositoras do evento é a Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros. Assista ao depoimento de Luciano Guidolin, vice-presidente de Poliolefinas, Comperj e Renováveis da Braskem:

A Feiplastic 2017 estima receber 70 mil visitantes e reunir 1.400 marcas nacionais e internacionais numa área de 85 mil m². O evento vai contar com um espaço dedicado à troca de experiência e atualização profissional, a Ilha do Conhecimento, onde os expositores farão apresentações, expondo novas tecnologias. Entre os setores presentes estão: Produtos Básicos e Matérias-Primas; Máquinas, Equipamentos e Acessórios; Moldes e Ferramentas; Transformadores de Plástico; Resinas Sintéticas; Instrumentação, Controle e Automação; Serviços e Projetos Técnicos; e Reciclagem.

Assista ao vídeo de apresentação da Feiplastic:

Para se credenciar, acesse aqui.

Para acompanhar as notícias sobre a Feiplastic 2017, acesse aqui.

 


Abimaq realizará três feiras a partir de 2016

Vem aí a Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos – Feimec, a Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial – Expomafe e a Feira Internacional do Plástico e da Borracha – Plástico Brasil, os novos eventos da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq, que ocorrerão no São Paulo Expo. A entidade escolheu a BTS Informa, empresa integrante do Informa Group, como parceira na realização dessas feiras. Em maio de 2016 será realizada a primeira edição do evento do setor metalmecânico e em 2017, de máquinas-ferramenta e do plástico.

“Há décadas a Abimaq sonha com suas próprias feiras”, celebrou Carlos Pastoriza, presidente do Conselho de Administração da associação. “Estamos deixando de ser clientes para ser organizadores, com total controle para traçar estratégias em defesa dos setores”, completou José Velloso, presidente executivo da entidade.

As vantagens para as empresas associadas, de acordo com Velloso, são várias, entre elas: melhor infraestrutura do pavilhão, redução dos custos de montagem, força da entidade, condições especiais de financiamento durante os eventos, alianças com órgãos governamentais e institucionais e ações do projeto Abimaq-Apex.

Com a iniciativa, a associação deixa de apoiar, a partir de 2016, a Mecânica, a Feimafe e a Feiplastic.


Feiplastic 2013: máquina de eletroerosão a fio é o destaque do Grupo Bener

4, junho, 2013 Deixar um comentário

Para obter cortes mais precisos, a AR 2300 teve seu software atualizado recentemente. Operando com 200 m de fio molibidênio de 0,18 mm de diâmetro, a máquina suporta até 400 horas de trabalho.

Com velocidade de 160 mm² por minuto, a máquina corta aço e ferrosos. E, segundo o fabricante, também é possível cortar materiais não-ferrosos, desde que acompanhada com um dispositivo especial. A máquina de eletroerosão a fio da Bener corta espessuras de até 350 mm em ângulo máximo de aproximadamente seis graus em 50 mm.

Assista ao vídeo abaixo para conferir mais detalhes técnicos.

A máquina foi apresentada na Feira Internacional do Plástico – Feiplastic, que aconteceu de 20 a 24 de maio, no Anhembi, em São Paulo.


Feiplastic 2013: Sunnyvale destaca injetora horizontal Boy 35E

3, junho, 2013 Deixar um comentário

NEI Soluções esteve na Feiplastic 2013 e trouxe o destaque da empresa Sunnyvale, representante exclusiva da empresa alemã Boy. Dentre os benefícios da injetora horizontal Boy 35E, destaca-se: tamanho compacto, possibilidade de trabalhar com diversos tipos de materiais e sistema servo-motor. Confira mais detalhes no vídeo abaixo:

Em http://www.youtube.com/user/sistemanei você confere mais de 400 vídeos de produtos industriais.


Ao menos R$ 43 milhões foram negociados na Feiplastic 2013. Indústria comemora encomendas até o final de 2013

31, maio, 2013 Deixar um comentário

Houve expositor que vendeu até 60 máquinas durante os cinco dias da Feira Internacional do Plástico – Feiplastic, que ocorreu de 20 a 24 de maio no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo. “Muitos já venderam o suficiente para reservar a produção até o final do ano”, conta Wilson Carnevalli, diretor da Carnevalli e presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Acessórios para a Indústria do Plástico – CSMAIP da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq. Segundo a Reed Exhibitions Alcântara Machado, organizadora do evento, os negócios concretizados na feira é de, no mínimo, R$ 43 milhões, somando-se depoimentos de expositores e números da rodada de negócios internacional, que ocorreu durante o primeiro dia do evento.

Ainda segundo a organizadora, mais de 69 mil visitantes percorreram os 85 mil m² do Anhembi. A principal exigência era encontrar, entre as 673 empresas (144 novas empresas em relação a Brasilplast 2011) e 1402 marcas, produtos inovadores com alta tecnologia aliados à sustentabilidade. “A feira superou as expectativas, tanto em número de expositores como em público visitante, cada vez mais qualificado e com poder de decisão. Só aqui engenheiros, diretores, técnicos, entre outros, podem comparar produtos e vê-los funcionando ao vivo, num mesmo lugar”, diz Liliane Bortoluci, diretora do evento. Dentre as novas empresas participantes, destacam-se grandes multinacionais como a holandesa DSM, especializada em plásticos de engenharia; a alemã Sikora, agora com filial no Brasil; e o grupo italiano TCM, que prevê instalar sua primeira fábrica no País, voltada à produção de embalagens PET.

Mais negócios 
Também presente na feira, a Agência de Desenvolvimento Paulista – Desenvolve SP, instituição financeira do governo do Estado de São Paulo, firmou 35 acordos operacionais com expositores, que estimam novos negócios para os próximos meses.

Outro foco de investimentos foi à rodada internacional de negócios Think Plastic Brazil, organizada pela Abiplast em parceria com a Apex Brasil. Ao todo foram 107 reuniões de negócios, com compradores do Peru, Equador, EUA, Guatemala, México, Colômbia e, obviamente, Brasil. A expectativa entre os participantes é gerar negócios na ordem dos US$ 6,850 milhões nos próximos 12 meses, provenientes desse encontro. Uma parceria já foi concretizada durante o encontro, movimentando US$ 35 mil.

Operação Reciclar
A ação consistiu em doar o material reciclável produzido por 28 empresas expositoras da Feiplastic 2013 para a ONG Projeto de Incentivo à Vida – Pivi. Durante os cinco dias de evento, a equipe de coleta retirou 25 toneladas de aparas, resíduos processados e produtos finais nos estandes.

A equipe de NEI Soluções esteve presente no evento. No último dia da Feiplastic, a repórter Mariana Moreira entrevistou Paulo Octavio P. de Almeida e Liliane Bortoluci, respectivamente, vice-presidente e diretora de eventos da Reed Exhibitions Alcântara Machado. No vídeo abaixo, você confere informações sobre os bastidores, benefícios e expectativas da Feiplastic 2013.


Reciclagem tem amplo fôlego para crescer no Brasil, diz consultora

Pesquisa da Maxiquim Assessoria de Mercado, que compreende de 2003 a 2011, dados mais recentes, aponta estabilidade na capacidade ociosa das empresas de reciclagem. “Permaneceu entre 33% e 37%. Se para a indústria de transformação esse coeficiente é fatal, para a reciclagem é normal, significa que temos muito fôlego para fortalecer a atividade no País”, comentou Solange Stumpf, diretora da Maxiquim, durante palestra na Conferência Feiplastic – Feira Internacional do Plástico. Ela acrescentou que o Brasil descarta 2,6 milhões de toneladas e recicla 736 mil toneladas, predominantemente por meio da reciclagem mecânica. A feira foi realizada de 20 a 24 de maio, em São Paulo. 

Na apresentação, a diretora também comentou a geração de empregos no setor. Segundo ela, entre 2010 e 2011, o número de trabalhadores saltou de 18.288 para 22.705. O faturamento geral em 2011 foi de R$ 2,39 milhões, aumento de 22% em relação a 2010. Quanto à indústria de reciclagem mecânica, o Sudeste representa 55,5% do total; o Sul, 27,7%; e o Nordeste, 9,9%.

Solange apresentou ainda os destinos mais comuns dos materiais produzidos com matéria-prima reciclada no Brasil. As indústrias de bens de consumo não duráveis e semiduráveis são as maiores absorvedoras, representando 41%. A construção civil está em segundo lugar, com 16%.

Em 2003 as empresas recicladoras eram 492, em 2011, o número saltou para 815. “A informalidade dificulta a estimativa, pois somente 22% de todas as empresas do segmento no Brasil têm CNPJ”, informou a diretora.