Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Materiais de Construção’

Em SP, 1.500 empresários chineses participarão da 1ª China Sourcing Fair da América Latina

De 14 a 16 de agosto, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, cerca de 1.500 empresários chineses estarão reunidos na China Sourcing Fair, evento que será realizado pela primeira vez na América Latina. Os profissionais, representando mais de 540 companhias, são da Grande China, que inclui Hong Kong e Taiwan, e atuam basicamente em quatro segmentos: eletrônicos de consumo, materiais de construção, vestuário e têxtil e brindes e presentes. A feira será direcionada aos importadores, distribuidores e varejistas.

“A internet certamente fez o comércio ficar mais fácil, no entanto, quando se investe milhares ou milhões de dólares, você quer negociar pessoalmente”, disse Bill Janeri, gerente-geral da Global Sources, organizadora do evento. “É isso que o evento vai fazer, trazer esses fornecedores para perto dos compradores brasileiros, que não conhecem essas empresas.” Para mais informações, clique aqui.


Brasil Maior – a indústria agradece o pacote mas espera complementações

Para fortalecer a competitividade da indústria brasileira, o Governo lançou, em agosto, o Plano Brasil Maior. O pacote de medidas zera a contribuição patronal sobre a folha de pagamentos nos setores de calçados, móveis, softwares e confecções, prorroga a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados – IPI nas compras de máquinas, equipamentos, materiais de construção, caminhões e veículos comerciais leves e ainda reserva o financiamento, pelos bancos públicos, somente para os projetos em que haja conteúdo nacional. A contrapartida da desoneração fiscal, que representa hoje 20% da folha, é um imposto de 1,5% sobre o faturamento das empresas beneficiadas pela desoneração, 2,5% no caso de empresas de software. A repercussão foi boa, de maneira geral, ressalvado o fato de que ainda faz falta uma política industrial estruturada e sintonizada com o projeto de crescimento do País.

O incentivo à inovação também é destaque no novo pacote. A Financiadora de Estudos e Projetos – Finep terá mais R$ 2 bilhões em crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, com taxa de 4 a 5% ao ano. A importância do estímulo ao investimento privado no desenvolvimento tecnológico é uma exigência do mercado, que foi reafirmada pela Confederação Nacional da Indústria – CNI durante o 40 Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria, realizado em agosto, em São Paulo. A meta é dobrar em quatro anos o número de empresas inovadoras no Brasil. Em 2009, eram 40 mil. Em 2013, prevê-se 80 mil.

O Governo e as instituições que representam a indústria estão fazendo a sua parte, mas ambos reconhecem que o mercado industrial precisa de outras medidas complementares e de consolidação de medidas incluídas neste pacote Brasil Maior em caráter experimental. Em especial é preciso esperar a comparação entre o custo da desoneração e a receita adicional do imposto sobre o faturamento. O resultado da comparação é decisivo para a ampliação da medida a outros setores.

O apoio à inovação e ao desenvolvimento de tecnologias tem sido uma preocupação constante no discurso das entidades da indústria e do próprio Governo. Com igual ênfase, Governo e entidades têm enfatizado a necessidade de elevar a preparação dos novos profissionais da indústria a níveis compatíveis com os novos padrões de qualidade propiciados pelas tecnologias emergentes.


Construção civil cresce e cria vagas no Paraná – Primeiro semestre recorde estimula negócios e eventos no setor

19, outubro, 2010 1 comentário

A construção civil continua em alta mantendo-se como um dos setores de destaque no mercado brasileiro. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no primeiro semestre de 2010, o crescimento foi de 15,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Com isso, o número de empregos também cresceu: segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR), de janeiro a junho foram criados mais de 200 mil vagas na construção civil. Só no Paraná, são mais de 15 mil, 208% a mais do que em 2009.

A Expocon, que tem apoio da Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), e do Sindicato Intermunicipal do Comércio Varejista de Materiais de Construção no Estado do Paraná (Simaco-PR) vem somando bons números e atraindo cada vez mais profissionais do segmento. Na última edição, em 2009, foram 130 expositores e mais de 21 mil visitantes. Com o cenário positivo do mercado atual, a expectativa para 2010 é ainda maior.

A 13ª Expocon acontecerá de 27 a 30 de outubro no Pavilhão de Exposições do Parque Barigui, em Curitiba. A feira é direcionada a visita técnica do setor da construção civil, e tem horário de funcionamento de quarta a sexta das 15 às 21 horas e, no sábado, das 13 às 20 horas.

Informações

13ª Expocon – Feira de Fornecedores da Construção Civil

De 27 a 30 de outubro

Pavilhão de Exposições do Parque Barigui – Curitiba – PR

Credenciamento antecipado pelo site http://www.feiraexpocon.com.br/

Confira esses e outros eventos em NEI.com.br