Arquivo

Textos com Etiquetas ‘NUCI’

Atividade industrial paulista cresce e Fiesp aumenta previsão de crescimento

Segundo dados da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – Fiesp, a atividade industrial encerrou o primeiro trimestre de 2013 com alta de 2,4% em relação ao último trimestre de 2012. “Desempenho razoável para um primeiro trimestre, que nos fez rever a previsão do índice para 2013”, disse Paulo Francini, diretor do departamento de pesquisas e estudos econômicos da Fiesp/Ciesp. Com a alta, o prognóstico da Fiesp para o Indicador de Nível de Atividade – INA 2013 subiu para 3,2% versus 2012. A estimativa anterior era de crescimento de 2,3%.

Falta regularidade
Considerado termômetro para avaliar o desempenho do setor manufatureiro, o resultado do INA aponta recuperação, mas, em uma análise mais profunda, é possível identificar falta de vigor no crescimento.

Em março, o INA registrou alta de 8,8% na comparação com fevereiro, na série livre de ajuste sazonal. Apesar de vigoroso, o crescimento é um dos mais baixos desde 2002, sendo superior apenas na comparação com 2011 (6,3%), 2008 (5,6%) e 2003 (6,9%).

A mesma tendência é apontada no acumulado de janeiro a março deste ano, que, apesar da alta de 2,4% frente ao mesmo período do ano anterior, teve o menor resultado da série histórica (desde 2002), com exceção de 2012 (-5,5%), 2009 (-17,4%) e 2003 (-0,2%). Já no acumulado dos últimos 12 meses, o nível de atividade da indústria apresenta retração de 2,2%.

A passos curtos
Puxado pelo segmento de produtos químicos (alta de 2,3%) e artigos de borracha e plástico (1%), o Nível de Utilização da Capacidade Instalada – NUCI aumentou 0,5%, passando de 80,6% em fevereiro para 81,1% em março, na série sem ajuste sazonal. Já o setor de celulose, papel e produtos de papel foi o destaque negativo, registrando queda de 1,3%. “Não há setor que apresente tragédia, mas também não há segmento que apresente glória”, finaliza Francini.