Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Santo André’

US$ 14 milhões: Bridgestone prevê dobrar produção de pneus para máquinas agrícolas

6, novembro, 2013 1 comentário

A Bridgestone anunciou investimentos de US$ 14 milhões (cerca de R$ 33 milhões) em sua fábrica localizada em Santo André (SP). O objetivo é dobrar a capacidade produtiva de pneu agrícola radial (AGR), destinado ao segmento de máquinas agrícolas, como tratores, colheitadeiras, pulverizadores, implementos agrícolas e retroescavadeiras.

O investimento engloba a compra de equipamentos, ferramentas e modernização de infraestrutura da unidade do ABC paulista. Segundo a empresa, após a expansão, a produção passará de 30 para 60 pneus por dia, a partir de julho de 2015. Além disso, a empresa acrescentará mais seis tamanhos de pneus AGR em seu mix de produção, aumentando o portfólio para 12 produtos.

Entre as novas tecnologias previstas, estão três prensas de vulcanização e a máquina BSJ Unistage, importada do Japão, cuja tecnologia permitirá a fabricação de pneus de alto desempenho para produtos mais robustos ou com menor compactação no solo. Segundo a Bridgestone, o primeiro equipamento chegará no segundo semestre de 2014.

Para o diretor comercial da divisão de pneus comerciais (BBTS), Marcos Aoki, o investimento reflete a crescente demanda do segmento agrícola do País, principalmente no setor de máquinas e equipamentos. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – Anfavea, 2013 deve vender 18,4% mais máquinas em relação a 2012, somando cerca de 83 mil unidades. Além disso, a previsão é que a produção aumente 13,5% frente a 2012, para 95 mil unidades.


Santo André tem posto para auxiliar o cadastro de candidatos a fornecedores da Petrobras

O Posto Avançado de Cadastramento – PAC da Petrobras, recém-inaugurado na sede da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, em Santo André, tem como objetivo esclarecer dúvidas sobre o preenchimento do cadastro eletrônico de candidatos a fornecedores de bens e serviços da Petrobras, que é consultado com frequência para processos licitatórios.

O técnico da Petrobras responsável pelo atendimento é Hamilton Aparecido Boa Vista, que receberá o público na agência até 20 de dezembro, das 8 às 17 horas. O agendamento pode ser feito pelo 0800 282 8484 ou www.petronect.com.br. Nesse site é possível consultar a lista de oportunidades e critérios de compras.

A empresa passará por processo de avaliação de acordo com os critérios estabelecidos para os bens ou serviços que fornece. Com a aprovação, estará habilitada a participar das licitações abertas pela Petrobras.

Rafael Marques, presidente da agência, disse que a missão é aproveitar as oportunidades do pré-sal e do leilão do Campo de Libra. “Muitas empresas têm capacidade instalada de 20 a 30% desocupadas e com potencial muito forte para aproveitar as oportunidades da cadeia do petróleo e gás”, disse.


Santo André retoma atividades da incubadora tecnológica

A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Santo André-SP, a InNova, foi reinaugurada. “Estamos reativando aquilo que acreditamos ser uma das molas propulsoras para alavancar a economia de nossa cidade”, disse Oswana Fameli, vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Econômico do município. Evento de reinauguração ocorreu em 26 de junho.

Inicialmente, o local abrigará oito pequenas empresas de diferentes setores por até dois anos. As incubadoras de empresas de base tecnológica oferecem espaço físico por determinado tempo para a instalação de novas companhias, oferecendo apoio para a consolidação das iniciativas.

“Vamos intensificar esforços e construir uma sólida relação com estudantes do ensino técnico e universitário em busca de ideias que possam gerar novas empresas”, destacou Dioraí Leão da Costa, gerente da InNova,.

“Para o sucesso da atividade, é fundamental a participação de vários atores sociais, dentre os quais destacamos as universidades e as organizações empresariais, sem esquecer da presença do poder público”, disse Ronaldo Tadeu Ávila de Paula, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico da cidade. “Já contamos com parceiros como a Agência de Desenvolvimento Econômico, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae e a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores – Anprotec.

A prefeitura oferece subsídio para o funcionamento e os incubados pagam aluguel do espaço, cujo valor deve ser revertido em atividades para os incubados, como capacitação e ajuda no plano de negócio.

Para participar da seleção, é necessário que os projetos das empresas possuam base tecnológica. “A direção receberá propostas durante o ano e aquelas que possuírem condições técnicas serão avaliadas pelo conselho consultivo”, explicou Oswana. “Se aprovadas, os representantes farão curso de pré-incubação, que ocorrerá duas vezes por ano.” O conselho consultivo terá participação de universidades, empresas, sindicatos e entidades empresariais da cidade.

Caso não haja vagas no momento, aqueles que estiverem alinhados com o perfil da InNova farão parte de lista de espera. Na medida em que as empresas forem graduadas ou descontinuadas, um novo projeto passará a ocupar a vaga.