Arquivo

Textos com Etiquetas ‘São José dos Campos’

Fabricante norte-americana de compósitos terá unidade em São José dos Campos

Com investimento de cerca de R$ 1 milhão, a Dallas Aeronautical Services instalará no Parque Tecnológico Univap, em São José dos Campos-SP, sua primeira fábrica fora dos Estados Unidos. A empresa pretende iniciar as atividades no primeiro semestre de 2014 e gerar dez empregos.

A planta ocupará área de aproximadamente 6,5 mil m² para produzir materiais compósitos e fazer manutenção para a indústria aeroespacial executiva. Atenderá também o setor de petróleo e gás, Exército, Marinha e Aeronáutica.

Além da fábrica em São José dos Campos, no futuro uma oficina com 5 mil m2 será construída para que a empresa expanda suas atividades.


São José dos Campos terá grupo de inovação de máquinas e equipamentos

Nesta semana, protocolo de intenções para a criação do cluster da indústria de máquinas e equipamentos foi assinado pela Prefeitura de São José dos Campos-SP. O acordo foi feito com a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Ipdmaq, o Parque Tecnológico de São José dos Campos e o Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista – Cecompi.

A união de companhias do setor, entidades e instituições de pesquisa deve possibilitar ações para o desenvolvimento tecnológico, a inovação, o aumento da competitividade, a cooperação entre as empresas, a geração de empregos na cidade e a atração de novas empresas. O polo será estabelecido no parque tecnológico e contará com o Ipdmaq como agente articulador e promotor de ações junto às empresas e com o Cecompi para estudos, execução e análise das demandas. A iniciativa deve favorecer principalmente pequenas e médias empresas, que terão acesso a recursos tecnológicos.

“O setor de máquinas e equipamentos gera e demanda muita inovação e tecnologia, que garantem a perenidade das empresas”, afirmou Luiz Aubert Neto, presidente da Abimaq. “E São José dos Campos é a cidade ideal para esse cluster por contar com a característica da inovação tecnológica.” Atualmente a Abimaq tem cerca de 200 associadas no Vale do Paraíba. No País são cerca de quatro mil empresas, que empregam em torno de 260 mil trabalhadores.

“Quando criamos condições e investimos em tecnologia, fazemos com que grande parte da riqueza gerada fique no País e contribua para o desenvolvimento”, disse Mário Sarraf, vice-presidente regional da Abimaq.


Laboratório de Estruturas Leves do IPT será inaugurado em dezembro

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT conclui a construção do Laboratório de Estruturas Leves – LEL no Parque Tecnológico de São José dos Campos-SP. As indústrias aeronáutica, automobilística e de exploração de petróleo e gás no Brasil, entre outras, contarão a partir de 2014 com o laboratório para o desenvolvimento de estruturas leves para a fabricação de peças com menor peso e custo, porém mais resistentes.

Previsto para ser inaugurado em dezembro de 2013, terá área total de 4,5 mil m2 e será dedicado ao desenvolvimento de estruturas feitas a partir de materiais metálicos, compósitos e híbridos.

“Alguns equipamentos já foram instalados e agora está sendo construída a sala limpa [área de 1,6 mil m2 com controle de temperatura, umidade e partículas]”, disse Luiz Eduardo Lopes, diretor do Centro de Integridade de Estruturas e Equipamentos – Cinteq do IPT, ao qual o LEL pertence. “Esse laboratório é complementar ao que o Instituto Fraunhofer está montando no Canadá. Talvez possamos desenvolver alguns projetos em conjunto.”

De acordo com ele, o LEL funcionará nos moldes de outros laboratórios do IPT, que buscam atrair parceiros para a realização de projetos em colaboração mediante contrato. O primeiro parceiro industrial será a Embraer.

O laboratório recebeu investimentos de R$ 48 milhões. Desse montante, R$ 27,5 milhões foram aportados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES para a aquisição de equipamentos e a implantação do laboratório, R$ 8,3 milhões ficaram por conta da Financiadora de Estudos e Projetos – Finep e R$ 2,5 milhões, da Prefeitura de São José dos Campos, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo. O restante do investimento, cerca de R$ 10 milhões, foi completado pelo IPT e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Fapesp.

Fonte: com informações da Agência Fapesp.


Centro de pesquisa da Boeing no País focará biocombustíveis e biomateriais

O novo Centro de Pesquisa e Tecnologia da Boeing no Brasil será inaugurado neste ano após reforma de um espaço já existente no Parque Tecnológico – São José dos Campos – SP. Sendo o sexto centro de pesquisa da empresa fora dos Estados Unidos, concentrará os trabalhos em biocombustíveis sustentáveis para aviação, gestão avançada de tráfego aéreo, metais e biomateriais avançados e tecnologias de suporte e de serviços.

Será composto por até 12 pesquisadores e cientistas da Boeing que desenvolverão projetos com instituições de tecnologia do governo brasileiro, incluindo o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, e empresas brasileiras, como a Embraer. Além disso, servirá como ponto central de colaboração da empresa com universidades do Brasil, incluindo a Universidade de São Paulo e a Universidade Federal de Minas Gerais.

“Estamos muito animados em dar esse próximo passo para o fortalecimento do nosso relacionamento com a comunidade brasileira de pesquisa para desenvolver tecnologia para o mundo”, disse Donna Hrinak, presidente da Boeing Brasil. “Juntos podemos aumentar a capacidade do Brasil de maneira que beneficie o setor aeroespacial, bem como ajude o País a atingir suas metas de desenvolvimento econômico e tecnológico.”