Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Sorocaba’

ABB inaugurará fábrica em Sorocaba, SP

No próximo dia 26, às 13h, haverá a coletiva de imprensa de inauguração da quinta fábrica da ABB no País. A nova unidade fabril possui cerca de 125 mil metros quadrados e produzirá motores, geradores, sistemas de acionamentos, eletrocentros e linhas de produtos de baixa tensão, como interruptores e tomadas para atender a demanda local.

Na ocasião, Rafael Paniagua, presidente da ABB no Brasil, estará à disposição para atendimento da imprensa. Na seqüência, as instalações fabris serão apresentadas. Autoridades federais, estaduais e municipais também confirmaram presença.

A nova unidade está localizada na Rodovia Senador José Ermírio de Moraes, km 11 – S/Nº, no Distrito Industrial de Sorocaba.


Categories: Oportunidades Tags: , ,

Feimafe 2013: AMT inaugura escritório no Brasil

A The Association For Manufacturing Technology – AMT (Associação Norte-Americana de Tecnologia de Manufatura) conta com escritório no Brasil, localizado em Sorocaba-SP. Inaugurado em maio, o local oferece assistência técnica de máquinas importadas dos Estados Unidos e espaço para representantes de empresas norte-americanas se instalarem no Brasil. A entidade aproveita a 14ª Feimafe – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura para divulgar a inauguração. O evento é realizado até hoje, no Anhembi, em São Paulo – SP.

O objetivo era instalar no Brasil um centro de tecnologia, como tem em outros países, mas, devido às restrições que a legislação brasileira impõe aos equipamentos importados por tempo determinado, a AMT teve de desistir da ideia. Alguns dos setores envolvidos são automobilístico, eletrodoméstico, aeroespacial, óleo e gás, médico, elétrico, eletrônico e de energia alternativa.

O engenheiro Achilles Arbex foi nomeado gerente geral do centro. Arbex trabalhou para a ZF Transmissões e a Dana Industries. Segundo ele, entre os motivos que incentivaram a AMT a se instalar no Brasil estão pré-sal, cadeia da indústria automotiva e eventos esportivos.

“Os fabricantes norte-americanos procuram constantemente expandir seus relacionamentos globais, sendo o Brasil um mercado de grande importância para os associados”, disse Douglas K. Woods, presidente da AMT, que disse ter certeza das múltiplas possibilidades que se desenvolverão.

“Projetamos um futuro brilhante para o Brasil e estamos contentes por fazer parte desse crescimento”, declarou Mario Winterstein, diretor de desenvolvimento de negócios da AMT.


Grupo GFT busca profissionais das áreas de engenharia, tecnologia, computação e matemática

Especializada em projetar e desenvolver soluções de Tecnologia da Informação – TI para o setor financeiro, a GFT Brasil abriu 50 vagas para as áreas de consultoria e desenvolvimento de sistemas. A prioridade é contratar profissionais com formação em ciência da computação, tecnologia, engenharia e matemática. O objetivo é expandir os negócios e atender a forte demanda nas exportações de serviços de TI.

O profissional contratado atuará em projetos de desenvolvimento de sistemas com tecnologias Java, Net e mobilidade. Grande parte das vagas é para as filiais brasileiras localizadas no Estado de São Paulo, principalmente em Sorocaba. Mas há também a possibilidade de trabalhar fora do País. “A maioria das vagas é para atuar em projetos internacionais, especialmente dos Estados Unidos, surgindo a possibilidade – e necessidade – de trabalhar no exterior”, revela Marco Santos, country managing director da GFT Brasil, que atualmente emprega 160 colaboradores dos cerca de 1.400 profissionais espalhados pelo mundo.

Segundo a empresa, os interessados em concorrer à vaga devem ter vontade de ingressar em uma empresa com carreira internacional, espírito de inovação, empreendedorismo, conhecimento técnico e inglês de nível médio a fluente. Os detalhes sobre as vagas podem ser acessados no site www.gtf.com/br. Os currículos devem ser enviados até 31 de maio.


Toyota de Sorocaba dobra produção diária de novo modelo compacto

O segundo turno de fabricação do Etios foi implantado neste mês na fábrica da Toyota em Sorocaba (SP), inaugurada em agosto de 2012. A produção foi duplicada, passando de 150 para 300 unidades por dia. Com isso, 620 novos funcionários foram contratados. Agora, essa planta conta com cerca de 1.600 colaboradores.

De setembro a dezembro de 2012, foram fabricados pouco mais de dez mil unidades do Etios, número 7% maior que a previsão inicial da companhia, que era de 9,5 mil. A empresa inicia a produção em fábricas novas com apenas um turno de operação.

A intenção é produzir 70 mil veículos até o segundo semestre de 2013, quando a planta completará um ano, como foi anunciado na cerimônia de abertura.


ZF investe em nova planta e expansão da fábrica em Sorocaba

Até 2016, a ZF aplicará R$ 532 milhões em seus negócios no Brasil. Em 2013, será inaugurada uma nova fábrica em Sorocaba (SP) da unidade de negócios componentes de metal-borracha e plástico, que será responsável pelo processo de vulcanização de borracha, adesivação e injeção de plásticos. O investimento é de R$ 15 milhões em área construída de 6.500 m2, que contará com 150 funcionários.

“Com a introdução do programa Inovar-Auto em 2012, as montadoras deverão investir no conteúdo nacional de seus veículos leves e pesados. Com a série de investimentos, vamos aumentar a nossa participação no mercado automotivo brasileiro. Acreditamos na retomada de produção e vendas em 2013”, disse João Lopes, diretor da ZF Services e Marketing América do Sul.

Parte do investimento, em 2012 a empresa apresentou a sua nova linha de montagem das transmissões para veículos da linha média em Sorocaba. O índice de nacionalização dos produtos tem previsão de chegar a 60% já no próximo ano, sendo a capacidade produtiva de cerca de 45 mil transmissões por ano. A Ecolite, de seis velocidades, destina-se a ônibus. Também é produzida a versão automatizada, a ASTronic Lite. Já a Ecomid é uma transmissão manual de nove velocidades para caminhões.

Ainda faz parte do investimento um centro de desenvolvimento de protótipos dentro da planta de Sorocaba, que foi construído em área de cerca de mil metros quadrados.


Com investimento de R$ 1 bi, nova fábrica da Toyota prevê gerar 600 empregos e produzir 200 mil motores por ano

A inauguração da nova fábrica da Toyota está prevista para o segundo semestre de 2015. A ideia é produzir motores para o novo modelo Etios, que será fabricado em Sorocaba, e também para o Corolla, já produzido em Indaiatuba. “Com fabricação local desse motor, o índice de nacionalização tanto do Etios quanto do Corolla saltará de 65% para 85%”, disse Akio Toyoda, presidente mundial da Toyota, durante a inauguração de outra fábrica em Sorocaba, no início de agosto.

O município de Porto Feliz foi o escolhido para abrigar a futura planta da montadora japonesa. O investimento será de aproximadamente R$ 1 bilhão, com estimativa de gerar cerca de 600 empregos diretos e produzir 200 mil motores por ano. O protocolo de intenções foi assinado entre a Toyota e o Investe São Paulo. “Além de assessorar a empresa na localização da planta de motores, continuaremos dando suporte no licenciamento ambiental e na infraestrutura local”, conta Luciano Almeida, presidente da Investe SP.

Números e consequências da fábrica de Sorocaba
Recém-inaugurada e em terreno de 3,7 milhões de m², a planta de Sorocaba recebeu investimentos de US$ 600 milhões. Inicialmente, produzirá 70 mil veículos por ano, estimando alcançar 150 mil unidades no auge da produção. Cerca de 1.500 funcionários já estão em operação.

Durante a inauguração, Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, disse que a nova fábrica de automóveis da Toyota “era a celebração da economia brasileira e a resposta concreta àqueles que acham que a crise vai nos afetar com força e cercear o crescimento da renda e do emprego”.

Em consequência da chegada da Toyota, dez empresas fornecedoras de peças e serviços estão construindo unidades ao redor da nova fábrica. Também próximo à fábrica, está localizado o recém-inaugurado Parque Tecnológico de Sorocaba, que conta com institutos de pesquisa e desenvolvimento, incubadoras de empresas, laboratórios, centro empresarial e auditório. Até o momento foram investidos pelo governo do Estado cerca de R$ 13 milhões.


Curso gratuito de termometria infravermelha ocorre em Sorocaba

A Infratemp promoverá em 2 de agosto, no hotel Ibis, em Sorocaba (SP), o curso gratuito de termometria infravermelha aplicada na indústria. O conteúdo engloba teoria infravermelha básica, funcionamento e utilização dos pirômetros, escolha do melhor sensor para o processo, como instalá-lo e configurá-lo, além de aplicações típicas. Os participantes receberão certificados. Para mais informações, encaminhe mensagem para marketing@infratemp.com.br.