Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Trumpf’

Trumpf compra fabricante chinesa de máquinas-ferramenta

Aproximadamente 72% da Jiangsu Jinfangyuan CNC Machine Company pertence à alemã Trumpf. Entre os produtos do portfólio da empresa chinesa estão puncionadeiras e máquinas de dobra e de corte a Laser. “A aquisição fortalece a nossa presença no mais importante mercado de engenharia mecânica do mundo”, disse Nicola Leibinger-Kammüller, presidente da Trumpf.

O processo durou dois anos. O controle operacional continuará nas mãos da equipe que comanda a companhia há anos. O valor da aquisição não foi divulgado.

Sediada em Yangzhou (300 km de Shanghai), a empresa foi privatizada em 1997. Em 2012, com quase 700 funcionários, gerou vendas de cerca de 70 milhões de euros.


Palestras sobre Laser serão ministradas em quatro Estados, em setembro

1, setembro, 2013 2 comentários

A Trumpf promoverá ciclo de palestras no País, de 3 a 11 de setembro, em seis cidades de quatro Estados: Alphaville–Barueri, Limeira e Ribeirão Preto-SP, Caxias do Sul-RS, Joinville-SC e Curitiba-PR. O evento gratuito é aberto a profissionais envolvidos com tecnologia Laser aplicada a chapas metálicas.

As palestras serão ministradas por Diogo Corazza, engenheiro de aplicação da empresa, e Thomas Bronnhuber, engenheiro mecânico responsável por treinamento na área de Design para Chapas Metálicas do Departamento de Desenvolvimento e Pesquisa do grupo, que virá da Alemanha especialmente para esse evento.

Os temas abordados serão: “Laser CO² ou Laser de fibra”, “Manufatura com chapas metálicas – como economizar mudando processos”, “Teoria e aplicação do Laser na indústria”, “Aplicações na indústria automotiva”, “Benefícios da automação” e “Integração aos processos de corte e transformação da chapa”.


Feimafe 2013: Trumpf lança máquina da corte a Laser guiado por fibra

Fabricada na Suíça, a máquina possui Laser guiado por fibra, o Trudisk, desenvolvido pela própria Trumpf. Segundo o fabricante, essa tecnologia permite a máquina consumir três vezes menos energia elétrica em comparação com as máquinas com tecnologia de Laser de CO2.

A máquina trabalha com chapas de diversos materiais, ferrosos e não-ferrosos, como cobre e latão, de 1 a 20 mm de espessura, sendo até 10 mm a espessura de produção ideal. A repetitividade é de 0,03 mm e o deslocamento máximo é de 140 m por minuto.

É indicada, principalmente, para os setores agrícola, eletrônico e de alimentos.

Para ver mais detalhes, assista ao vídeo abaixo:

A máquina está sendo apresentada na 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta – Feimafe, que acontece no Anhembi (SP) e termina sábado, 8 de junho.


Feimafe 2013: Trumpf lança no Brasil máquina de corte a Laser 2D

TRUMPF_TruLaser_3030_fiber

A Trumpf escolheu a Feimafe 2013 para lançar no mercado brasileiro a TruLaser 3030 fiber voltada para o segmento de corte a Laser 2D. Apresentada na Europa durante a Euroblech 2012, o equipamento destaca-se por permitir seu uso em todas as aplicações e espessuras, sem que o operador precise mudar o cabeçote.
A dobradeira TruBend 5130 será outro destaque da empresa. A tecnologia da máquina prioriza a produtividade, especialmente quando operada em célula automatizada, com o auxílio de um robô. Na Feimafe, os visitantes poderão acompanhar passo a passo o processo de dobra de um carrinho em miniatura, utilizando o robô Kuka – KR16. “O carrinho tem 7 dobras, que são montadas e perfeitamente ajustadas pelo robô em apenas 1 minuto”, comenta João C. Visetti, diretor da Trumpf Brasil. Submetida a tratamento térmico e com tecnologia do sistema drive de quatro cilindros, a TruBend 5130 é capaz de processar peças em materiais variados e oferecer elevada precisão.

Para aumentar a precisão – e a segurança do operador – a máquina contem LEDs vermelhos que indicam a posição exata da instalação da ferramenta de dobra, em escala milimétrica. Conta ainda com um sistema de medição e controle de ângulos Automatically Controlled Bending – ACB que promete a precisão exata do ângulo de dobra, desde a primeira peça. A programação TrutTops Bend (CADCAM) somada ao auxilio do Trumpf Advanced Specialized Control – TASC permite a visualização 3D. Possui também comando em touch screen.

Além disso, os visitantes da feira poderão agendar uma visita ao showroom da empresa, em Alphaville, para acompanhar a operação da TruLaser 1030fiber, outra novidade da Trumpf para o mercado brasileiro.


Trumpf lança puncionadeira com 18 ferramentas

Disponível em dois formatos, médio e grande, a TruPunch 3000, nova puncionadeira da Trumpf, destaca-se, entre outras características, pelo baixo consumo de energia e pela operação silenciosa devido à ausência de unidade hidráulica. A versão média, com duas garras, possui 18 ferramentas que podem girar 360°; o formato grande opera com 17 ferramentas e três garras. O tempo de troca é de 3,1 s. A máquina processa chapas de 2.500 x 1.250 mm ou 3.000 x 1.500 mm de até 6,4 mm de espessura, com força máxima de 180 kN.

Esse equipamento foi lançado na Feira Internacional da Mecânica. Para mais informações técnicas, assista ao vídeo com participação de João Visetti, diretor da Trumpf Brasil.


TRUMPF é eleita a “Fábrica do Ano”

26, agosto, 2011 Deixar um comentário

Sistema de produção “Synchro” dá à planta de Pasching o título de “Fábrica 2011” na Áustria.

A unidade da TRUMPF em Pashing acaba de ser eleita a “Fábrica 2011” na Áustria, vencendo 21 empresas que participaram da competição promovida pela Áustria Fraunhofer, a maior organização de pesquisa industrial aplicada à saúde, segurança, comunicação, energia e meio ambiente da Europa.

O sistema de produção “Synchro”, desenvolvido pela TRUMPF e adotado na fábrica de dobradeiras do Grupo em Pashing, Áustria, foi o responsável pela decisão do júri. O processo de escolha teve três etapas: levantamento de indicadores do negócio, visita crítica da planta e apresentação do caso aos jurados diante do público. “Foi uma oportunidade de identificar em que nível realmente estamos em termos de inovação de processos. E estamos muito bem”, diz Alfred Hutterer, diretor da unidade de Pasching.

No “Synchro” a produção é “just in time”, com a linha de montagem programada de acordo com a solicitação do cliente. As peças na montagem seguem rigorosamente o tempo da programação, sem adiantar ou atrasar nem um segundo. “Em 17 dias construímos uma máquina para o cliente: a que ele quer”, afirma Armin Rau, chefe técnico da fábrica da TRUMPF.

Segundo o júri, há décadas a operação da TRUMPF em Pashing segue uma estratégia consistente, com continuidade na gestão, garantindo elevada qualidade de produção.

A cidade de Pashing é conhecida mundialmente pela qualidade na fabricação de prensas hidráulicas e elétricas e pelo desenvolvimento da robótica aplicada à engenharia mecânica. Os austríacos produzem mais de mil prensas hidráulicas por ano, em doze tipos diferentes. A linha de montagem de máquinas de dobra da TRUMPF foi criada na cidade em 1999. Atualmente, trabalham ali 400 pessoas no desenvolvimento, produção e distribuição das dobradeiras.

O sistema “Synchro” é resultado de investimento em pesquisa, para a qual a TRUMPF destina anualmente cerca de 9 % do seu faturamento mundial. Graças a esta intensa inovação, as máquinas TRUMPF estão presentes na maioria dos produtos consumidos no dia a dia das pessoas, contribuindo para o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida em todo o mundo.


Pré balanço: Feimafe/Qualidade 2011

30, maio, 2011 1 comentário

Feimafe/Qualidade encerra com crescimento em volume de negócios

No encerramento, neste sábado, da maior edição da FEIMAFE – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura e da QUALIDADE – Feira Internacional do Controle da Qualidade, a maioria dos expositores comemora o sucesso dos negócios realizados nos dois eventos, realizados nesta última semana (23 a 28 de maio) no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Segundo estimativas dos empresários, verificou-se um crescimento entre 20% e 30% nas negociações com os clientes em relação à edição anterior. O balanço oficial dos dois eventos será divulgado oficialmente na próxima quarta-feira (01/06).

Um dos pontos mais destacados pelas empresas participantes da Feimafe/Qualidade é o alto nível de profissionalismo dos visitantes-compradores. De acordo com Tiago Apipi, gerente Comercial da Atlasmaq, a empresa recebeu em seu estande clientes com poder de decisão nas compras. A estimativa da empresa era de encerrar a feira com um volume de R$ 5 milhões em negócios e dobrar esse valor no pós-feira aproveitando os contatos realizados.
Outra que teve um volume expressivo de vendas foi a Trumpf. Segundo João Carlos Visetti, diretor geral da empresa no Brasil, foram comercializados mais de 10 equipamentos nos cinco primeiros dias das feiras, totalizando cerca de R$ 10 milhões, recorde histórico da companhia em um evento dessa natureza. “Acredito que no pós-feira alcançaremos um número de 20 máquinas vendidas em função da participação na Feimafe/Qualidade.”

A Newton também obteve resultados bastante destacados, com a venda de 17 máquinas. Antônio Carlos Santos, gerente da empresa, lembra que na edição passada foram comercializados 15 equipamentos gerando R$ 6 milhões em negócios, e comenta que este ano espera superar esse valor em até 30%. “Vendemos, inclusive, uma prensa dobradeira por R$ 2 milhões”, comemora.

Superando suas expectativas, o Grupo Bener fechou, já nos dois primeiros dias, a venda de 15 equipamentos, entre tornos CNC, centros de usinagem, máquinas de erosão, retificadora plana e fresadoras convencionais. Wilson Borgneth, diretor comercial, diz que o volume de negociações deve atingir entre R$ 4,5 milhões e R$ 5 milhões.

“Esses dados refletem o bom momento pelo qual o país está passando após recuperação da crise financeira mundial entre o 2008 e 2009”, afirma Liliane Bortoluci, diretora da Feimafe/Qualidade, promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, e faz referência às informações da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) de que, em 2010, o segmento de máquinas-ferramenta apresentou faturamento bruto de R$ 1,5 bilhão, cerca de 6% a mais que no ano anterior.

Para Bortoluci, “o segmento de máquinas-ferramenta é um importante indicador de que o setor industrial brasileiro está aquecido e realizando expressivos investimentos ao adquirir novos equipamentos para ampliar a capacidade de produção e se tornar tecnologicamente mais competitivo”.

Pela Câmara Setorial de Máquinas, Equipamentos e Instrumentos para Controle da Qualidade, Ensaio e Medição (CSQI), da Abimaq, o presidente Carlos Alberto Maciel, disse que recebeu um feedback muito positivo das empresas expositoras da 11ª QUALIDADE. ” Como o mercado nacional está aquecido, com vários investimentos em novas indústrias, temos recebido um público bem seletivo, interessado em conhecer as novidades e fechar futuros pedidos. No segmento de controle da qualidade a cada dois ou quatro anos, há uma evolução muito grande nas características das máquinas e a feira é uma vitrine para mostrar essas novidades ao mercado” concluí.

Assista abaixo, mais vídeos exclusivos da cobertura de NEI na Feimafe 2011:

Feimafe 2011 – Máquina de Solda –Clique aqui para mais informações sobre a empresa e o produto.

Feimafe 2011 – Dobradeira – Clique aqui para mais informações sobre a empresa e o produto.

Feimafe 2011 – Centro de torneamento – Clique aqui para mais informações sobre a empresa e o produto.

Crédito: Wesley Sarto é graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduado em Marketing pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Desde de 2004 atua na área de comunicação e marketing e desde de 2007 integra a equipe de NEI Soluções.